Mulher é estuprada para ‘tirar trabalho’ - Correio Sudoeste - De fato, o melhor Jornal | Guaxupé Mg

Guaxupé, 18 de novembro de 2019


Publicidades

Mulher é estuprada para ‘tirar trabalho’

Publicado quarta, 06 de novembro de 2019





Na madrugada do dia 6, quinta-feira, a PM foi chamada na Vila Progresso onde um homem estava sendo agredido por moradores que o acusavam de estupro.

Chegando no local os militares  encontraram  a mulher de 25 anos, solteira, que possui problemas mentais. Ela disse que por volta das 21h30 estava voltando para sua casa e ao passar na rua de A.R.J., 51 anos, este lhe disse que alguém havia feito um ‘trabalho’ e que somente ele poderia salvá-la. Com medo, a moça entrou na casa e manteve relações sexuais com o homem, sem seu consentimento, e foi obrigada a tomar banho de sal grosso em seguida. Quando ela conseguiu escapar, correu para sua casa e contou aos familiares o ocorrido.

Alguns moradores do bairro foram atrás do autor e começaram a agredi-lo até que a PM chegou. Ninguém foi identificado.

A.R.J. disse aos policiais que conhecia a vítima e viu ela passando por sua casa dizendo que estava com medo, pois havia um casal atrás dela. Foi quando ele a convidou para entrar e mantiveram relações sexuais com seu consentimento, não sabendo que ela possui problemas mentais.

A vítima foi encaminhada ao Pronto Socorro, sendo constatado o ato sexual.

O homem foi preso em flagrante e levado para a delegacia.




Mais Polícia


 Publicidades

Correio Sudoeste - Todos os Direitos Reservados - Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo sem autorização prévia

Desenvolvido por Paulo Cesar