Na Câmara, vereador manifesta preocupação com Guarda Municipal “armada” - Correio Sudoeste - De fato, o melhor Jornal | Guaxupé Mg

Guaxupé, 21 de setembro de 2019


Publicidades

Na Câmara, vereador manifesta preocupação com Guarda Municipal “armada”

Publicado, terça, 10 de setembro de 2019





Com uma pauta enxuta, a 12ª sessão ordinária da Câmara Municipal foi muito rápida, diferentemente das demais, onde os vereadores aproveitam para realizar verdadeiros pronunciamentos políticos no pequeno expediente.

No grande expediente o vereador João Fernando falou a respeito da possibilidade da criação de um Fundo de Saneamento Básico, propiciando que o Governo do Estado repasse mensalmente uma verba aproximada de R$ 50 mil.

Ari Cardoso voltou a cobrar providências da administração municipal na manutenção dos campos de futebol do Jardim Planalto e da Santa Cruz, com a revitalização do gramado e dos alambrados. O vereador também cobrou a construção de muros no Cemitério Parque Alto da Colina e a construção de uma praça na esquina da Rua Bom Jesus da Penha com a Avenida Felipe Elias Zeitune.

Paulinho Beltrão e Zettinho teceram duras e pesadas críticas contra a Copasa. Segundo eles, há cerca de 15 dias, nas proximidades da subestação da empresa, surgiu um vazamento na rede de distribuição de água tratada.

Paulinho também denunciou que, supostamente, teria ocorrido um incêndio no “lixão”, que as chamas teriam sido debeladas pelos bombeiros militares, porém a fumaça teria incomodado muita gente.

De forma taxativa, o vereador manifestou sua preocupação em relação a uma guarda municipal que a administração municipal pretende implantar em Guaxupé. Para ele, o porte de arma de fogo por parte dos “guardas” é motivo de muita preocupação e a sua fiscalização demanda muita “responsabilidade” dos vereadores, concluiu Beltrão.

 

Projetos de lei do executivo

Constava da pauta daquela sessão apenas dois projetos de lei de iniciativa do executivo. O primeiro deles na verdade era um substitutivo ao que havia sido apresentado e votado na sessão anterior.

O projeto original dispunha a respeito da criação de um Conselho e de um Fundo Municipal do Idoso. Acontece que na sessão anterior Jorginho alertou que uma lei já aprovada anteriormente dispunha a respeito da criação do Conselho do Idoso. Desta forma, o projeto substitutivo estabeleceu somente a criação do Fundo Municipal do Idoso. Colocado em votação foi aprovado por unanimidade dos vereadores presentes.

O outro projeto de lei se referia a uma autorização legislativa para que a Prefeitura possa doar ao Centro de Oncologia de Poços de Caldas medicamentos que não seriam utilizados. (veja https://correiosudoeste.com.br/noticia/717/Pela-primeira-vez,-vereadores-autoriza%C3%A7%C3%A3o-doa%C3%A7%C3%A3o-de-medicamento-de-Guaxup%C3%A9-ao-Centro-de-Oncologia-em-Po%C3%A7os-de-Caldas)

 

Projetos do legislativo

Da mesma forma, constava da pauta daquela sessão quatro projetos de lei de iniciativa dos vereadores dispondo a respeito de denominação de vias públicas: Rua Marilda Aparecida Cerdeira de Castro Simone, Rua Rinaldo Soares dos Reis, Rua Ademar Carlos Barbosa Filho e Praça Terezinha dos Reis Macedo.

Naquela sessão foi autorizada a concessão do Título de Cidadão Guaxupeano a Paulo João Furlan, o Paulão da Mecânica Serve Bem.

 

Domingos Beltrão

O empresário do ramo de funilaria e pintura de veículos, Domingos Beltrão, fez uso da tribuna popular para falar a respeito da instituição “Anjos dos Rios”.

Conforme ele explicou, a entidade coleta óleo comestível usado nos estabelecimentos comerciais da cidade para reciclagem. Em contrapartida a entidade mantém um viveiro de mudas de árvores da flora nativa da região. Parte das mudas é doada para interessados no plantio e outras são utilizadas para reflorestamento de áreas degradadas.

Segundo Beltrão, pessoas de outras cidades estão coletando o óleo, porém sem nenhuma contrapartida para o município.

Ele esclareceu que não pretende monopolizar a coleta do material, porém sugeriu aos vereadores para que alterassem a legislação vigente a respeito do tema para que quem colete o óleo tenha que contribuir com a sociedade local. (WF) 




Mais Câmara


 Publicidades

Correio Sudoeste - Todos os Direitos Reservados - Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo sem autorização prévia

Desenvolvido por Paulo Cesar