Ex-combatentes da Segunda Guerra Mundial e historiador foram homenageados no Tiro de Guerra - Correio Sudoeste - De fato, o melhor Jornal | Guaxupé Mg

Guaxupé, 21 de setembro de 2019


Publicidades

Ex-combatentes da Segunda Guerra Mundial e historiador foram homenageados no Tiro de Guerra

Publicado, quarta, 28 de agosto de 2019





O Tiro de Guerra 04-010 de Guaxupé antecipou a comemoração ao Dia do Soldado e no dia 23, sexta-feira passada, realizou uma cerimônia em homenagem aos pracinhas guaxupeanos que participaram da Segunda Guerra Mundial, além do colaborador daquela instituição, Venerando Vieira Ribeiro. Naquela oportunidade também foi destinada uma homenagem especial a João Brocchi, único integrante vivo da FEB- Força Expedicionária Brasileira de Guaxupé.

O evento foi organizado pelo chefe de instrução Sargento Alex Sandro Santoro da Silva.

Dentre as autoridades presentes constava o juiz da Primeira Vara Cível da Comarca local, Milton Biagioni Furquim, o ex-comandante da 79ª Cia. da Polícia Militar, Coronel Aurecy Argemiro Ferreira, secretários municipais, vereadores, familiares dos atiradores e pessoas do público.  

Iniciada a solenidade, o monitor 31, Nícoli, fez a apresentação da tropa a João Brocchi, integrante da FEB que lutou contra a tirania nazista nos anos de 1944 e 1945. Em sua homenagem e em memória dos demais pracinhas, a tropa cantou a Canção do Expedicionário, de autoria de Guilherme de Almeida e Espartaco Rossi.

Posteriormente, o Primeiro Sargento do quadro de policiais militares da reserva e atirador da primeira turma de 1993, Darley Divino Esteves, procedeu a leitura de um texto alusivo ao dia do soldado.

Homenagem a Venerando

Em virtude do grandioso apoio prestado ao Tiro de Guerra no levantamento dos integrantes da FEB que partiram de Guaxupé e municípios vizinhos para combaterem na Segunda Guerra Mundial, o historiador Venerando Vieira Ribeiro recebeu uma condecoração.

Em suas palavras Sargento Santoro mencionou: o sr. Venerando Vieira Ribeiro é o grande amigo do Tiro de Guerra, está sempre pronto para ajudar esta organização militar e que junto ao sr. Wilson Ferraz são a memória viva de Guaxupé. Agradeço a sua colaboração incansável para que conseguíssemos realizar uma tão merecida homenagem aos nossos pracinhas da FEB. Sem a sua ajuda e a dos senhores Wilson Ferraz e Tadeu de Melo, com certeza a placa em homenagem a esses heróis jamais sairia do papel.

 

Homenagem aos expedicionários

Antes de convidar João Brocchi e os familiares dos também pracinhas, Waldomiro Ferreira Carvalhaes e Wistrimundo Mello, para tomarem lugar de destaque na frente da tropa, Sargento Santoro mencionou:  nos anos de 1944 e 1945 guaxupeanos e cidadãos de diversos municípios, mas que aqui residiam, foram convocados para a maior e mais importante missão de suas vidas, defender o mundo das crueldades nazistas. Vinte e três heróis deixaram seus lares e suas famílias sem a expectativa de reencontrá-las novamente e se juntaram a outros milhares de heróis de todos os cantos do Brasil para comporem a Força Expedicionária Brasileira. Enfrentaram todas as adversidades impostas como o inimigo fortemente preparado, a distância da terra natal e o rigoroso inverno europeu, mas venceram, e venceram com maestria, livrando a humanidade das barbáries impostas pelos regimes nazistas e fascistas.

 

Homenagem a João Brocchi

Em relação a João Brocchi, Sargento Santoro declarou: este é o nosso grande homenageado da noite, pois a ele a Nação só tem a agradecer pelos seus feitos. Para aqueles que acham que heróis são figuras públicas intocáveis, que muitas vezes são fabricados pela mídia, apresento-vos um herói de verdade em carne, osso e sangue, sangue este que um dia se propôs a derramar pela glória do Brasil. O senhor é um exemplo de coragem e de patriotismo para esses garotos que estão à sua frente e a todos nós.

 

 

Naquela oportunidade foram entregues réplicas dos capacetes usados pelos soldados na Segunda Guerra a João Brochi e aos familiares de Waldomiro e de Wistrimundo.

Em virtude do expedicionário Vicente Pedroso da Cruz ter falecido no último dia 17, aos 98 anos de idade, foi entoado o toque de silêncio em respeito à memória do mesmo.

Encerrando a solenidade a tropa desfilou em continência a João Brocchi. A fanfarra foi comandada pelo monitor 30, Farias. Também desfilaram com o uniforme histórico da FEB o porta bandeira, e mais cinco atiradores.

 

Galeria de Fotos

Fechando o evento com chave de ouro, João Brocchi e os familiares de Waldomiro e de Wistrimundo descerraram a placa com as fotos dos expedicionários guaxupeanos: Altamiro Mateus Martins, Antônio Alvim Apolinário, Antônio Gomes dos Reis, Antônio Pinto, Euclides Silvério de Faria, Iório Adami, João Nery Vieira, Lázaro Dutra, Luiz Ribeiro do Valle, Marcílio Camilo, Miguel Corrêa Lopes, Otávio Félix da Cunha, Orlando Fávero, Pedro Agostinho Costa, Ricardo Fantini, Sebastião Silva da Silveira, Vasco Ribeiro Costa, Vicente Pedroso da Cruz, Waldemar Pinto, Waldomiro Ferreira Carvalhaes, Wagner dos Santos, Wistrimundo Mello e João Brocchi.

 




Mais Cidade


 Publicidades

Correio Sudoeste - Todos os Direitos Reservados - Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo sem autorização prévia

Desenvolvido por Paulo Cesar