PM FRUSTRA FUGA DE LADRÕES DE CAMINHÃO QUE SERIA LEVADO PARA O PARAGUAI - Correio Sudoeste - De fato, o melhor Jornal | Guaxupé Mg

Guaxupé, 27 de setembro de 2021


Publicidades

PM FRUSTRA FUGA DE LADRÕES DE CAMINHÃO QUE SERIA LEVADO PARA O PARAGUAI

Publicado sábado, 11 de setembro de 2021





Na noite de sexta-feira, dia 10, a Polícia Militar recebeu uma ligação do motorista José Luiz, 22 anos, residente em São Sebastião do Paraíso, comunicando que havia sido vítima de uma tentativa de roubo e estava no Polo Industrial.

Uma equipe policial foi até o local e José Luiz explicou que recebeu uma ligação de uma pessoa querendo contratar seu serviço de transporte e que durante a negociação do trabalho, o ‘contratante’ explicou que seria um carregamento de latas de tintas e que quando chegasse em Guaxupé explicaria melhor. Eles então fecharam os valores do frete e foi passada  a localização onde estariam os produtos, no Polo Industrial.

Assim que o caminhoneiro chegou no local indicado, apareceu um Voyage prata, ano 2019, placa de São Paulo, com quatro pessoas.

Do veículo desceu um homem com colete laranja que se identificou como o contratante do transporte. Ele pediu José Luiz que entrasse no veículo, o que causou certa desconfiança, e o caminhoneiro se negou a atender o pedido. Um outro homem insistiu novamente para que o motorista entrasse no Voyage e que José teria que assinar um papel de vistoria. Ele então assinou o papel e desconfiado ligou para um amigo caminhoneiro ir até lá.

Assim que o outro caminhoneiro chegou, o homem usando colete entrou no Voyage com os outros ocupantes e saíram.

Os policiais com as informações passadas pelo caminhoneiro começaram a rastrear a cidade para localizar a quadrilha. Foi quando viram o Voyage saindo do Jardim Aeroporto, sentido anel viário.

Outros policiais foram acionados e mesmo com ordem de parada, o motorista do Voyage continuou a seguir caminho chegando até na Rodovia MG 450, próximo da divisa com estado de São Paulo, onde resolveu parar.

O motorista do Voyage, Marcos, de 45 anos, assumiu que foi contratado por um tal de Lindão, presidiário, para que contratasse mais pessoas e roubassem o caminhão de José Luiz, uma Scania SCANIA/T113 H 4X2 360, ano 97, branca.

Que o esquema montado pela quadrilha seria realizar o roubo, pegar o motorista e mantê-lo de refém em uma chácara alugada no Jardim Aeroporto, até que o caminhão chegasse no Paraguai.

Um dos integrantes da quadrilha, identificado como Iago, 21 anos, disse ainda que foi contratado por R$ 12 mil e que o valor seria dividido por mais quatro pessoas.

Antes da abordagem, os policiais viram quando foi jogado do carro na estrada, um revólver calibre 32, e que acabou sendo localizado.

Mais duas pessoas que participariam do roubo e sequestro foram identificadas: José Nilson, 27 anos, e Gabriela, 23 anos, namorada de Iago. Eles seriam os responsáveis a ‘tomar conta’ do caminhoneiro até que a outra equipe conseguisse levar o caminhão ao Paraguai.

Na chácara, os policiais encontraram dois celulares além de capacetes, abraçadeira (enforca gato), o colete laranja usado por Marcos, um papel de vistoria, o contrato de locação da chácara, além de adesivo com o nome de uma empresa de tintas que foi colocado no veículo.

Todos os envolvidos são moradores em São Paulo e foram presos em flagrante.




Mais Polícia


 Publicidades

Correio Sudoeste - Todos os Direitos Reservados - Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo sem autorização prévia

Desenvolvido por Paulo Cesar