MUZAMBINHO RESTRINGE AINDA MAIS REGRAS DE ISOLAMENTO SOCIAL E PROÍBE COMERCIALIZAÇÃO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS - Correio Sudoeste - De fato, o melhor Jornal | Guaxupé Mg

Guaxupé, 15 de abril de 2021


Publicidades

MUZAMBINHO RESTRINGE AINDA MAIS REGRAS DE ISOLAMENTO SOCIAL E PROÍBE COMERCIALIZAÇÃO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS

Publicado quinta, 25 de março de 2021





A Prefeitura Municipal de Muzambinho divulgou novo Decreto restringindo ainda mais a circulação de pessoas na cidade.

A partir das 21h dessa quinta-feira, dia 25, começará a funcionar uma barreira sanitária na Avenida Frei Rafael para restringir a entrada na cidade de turistas e visitantes.

Às 23h59 de sexta-feira, dia 26 de março, todo estabelecimento comercial deverá se manter fechado, exceto: supermercados, mercados e mercearias; padarias; açougues; hortifrutis; restaurantes; farmácias; postos de combustíveis; clínicas médicas e odontológicas; laboratórios; agências bancárias e casas lotéricas.

Os supermercados deverão funcionar das 6 às 20h, obedecendo o limite máximo de 10 pessoas no seu interior. Outros estabelecimentos de alimentação também deverão funcionar nesse horário mas no sistema delivery ou entrega na porta (mercados e mercearias; padarias; açougues; hortifrutis), assim como as farmácias.  

Restaurantes deverão ter atendimento apenas delivery das 11 às 13h30, e postos de combustíveis funcionamento das 6 às 20h.

Somente em caso de urgência e emergência poderão funcionar as clínicas odontológicas.

Os bancos deverão ter apenas funcionamento de caixas eletrônicos, ficando responsáveis por controlar o fluxo de pessoas ao redor das agências. Nas casas lotéricas serão permitido apenas 4 clientes em seu interior e também controlando o fluxo das pessoas do lado externo.

A venda de bebidas alcoólicas está terminantemente proibida e a circulação de pessoas poderá está restrita das 20h às 5h, salvo trabalhadores e pessoas que comprovarem a necessidade de sair da sua residência. Torna-se obrigatório o uso de máscara em qualquer espaço público ou privado.

A multa para quem descumprir o novo decreto é de R$ 15 mil além da cassação/suspensão do alvará.

Hoje, quinta-feira, Muzambinho registrou o 7º óbito causado por Covid e mais 13 pacientes em internação hospitalar, sendo 4 em leitos de enfermaria e 9 em leitos de UTI. Doze pessoas foram notificadas com o vírus nesse dia, tendo na cidade até o momento, 66 moradores com a doença em isolamento domiciliar.




Mais Regional


 Publicidades

Correio Sudoeste - Todos os Direitos Reservados - Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo sem autorização prévia

Desenvolvido por Paulo Cesar