PREFEITURA NÃO VAI MAIS EDITAR DECRETOS SOBRE FLEXIBILIZAÇÃO - Correio Sudoeste - De fato, o melhor Jornal | Guaxupé Mg

Guaxupé, 25 de fevereiro de 2021


Publicidades

PREFEITURA NÃO VAI MAIS EDITAR DECRETOS SOBRE FLEXIBILIZAÇÃO

Publicado quinta, 11 de fevereiro de 2021





O vice-prefeito Rodrigo Borges promoveu um encontro, nesta quinta-feira, dia11, no auditório do Departamento Municipal de Educação, para informar sobre as medidas adotadas pela administração municipal em relação à pandemia do Coronavírus.

Participaram do evento comerciantes dos vários seguimentos, principalmente de bares e de restaurantes, representantes de casas de shows e de eventos, dentre outros. Também estiveram presentes o secretário municipal de Segurança Pública, Márcio Nunes Teófilo; o coordenador do Comissariado de Menores, Luiz Antônio Ferreira; funcionários da Vigilância Municipal de Saúde, da Divisão Municipal de Trânsito, da Guarda Municipal, agentes de Saúde, além de membros da imprensa.

Segundo Rodrigo, a administração municipal, assim como a maioria dos municípios mineiros com mais de 30 mil habitantes, decidiu aderir ao plano “Minas Consciente”, estabelecido pelo Governo do Estado. Este plano, a partir de ondas e cores, estabelece diretrizes a serem adotadas conforme o índice de infestação da doença e do número de óbitos em decorrência da mesma.

Devido a diretriz estabelecida pelo Governo do Estado, a administração municipal entendeu por bem liberar o funcionamento do comércio e de outros ramos de atividades econômicas, desde que estes estabelecimentos cumpram com as determinações estabelecidas pelo “Minas Consciente”. Assim a administração municipal não mais vai editar decretos em relação à limitação ou flexibilização das atividades econômicas, realizando apenas a fiscalização, o que será feito através da vigilância e agentes de saúde, Guarda Municipal e Divisão Municipal de Trânsito.

Para o vice-prefeito, “esta é uma forma de proteger a atividade econômica, além de vidas humanas”.

Rodrigo também declarou que por conta da nova modalidade de condução dos protocolos de saúde diante da pandemia não haverá perseguições e ou retaliações a quem quer que seja; que a administração municipal está aberta ao diálogo e na busca de uma solução na continuidade das mais variadas atividades econômicas.

Como é público e notório o vice-prefeito, Rodrigo Borges, é uma pessoa extremamente educada, tem a grande capacidade de saber ouvir, sempre aberto ao diálogo, portanto se tornou o coordenador político da atual administração. Diante disto ele se dispôs a atender, indistintamente, todos os afetados com a nova modalidade, diariamente, das 8 às 9h30, sem prévio agendamento, seguindo apenas a ordem de chegada, para os demais casos será observado o agendamento prévio.

Finalizando, Rodrigo mencionou que gostaria de agradecer o promotor de justiça Curador da Saúde Pública, Dr. Aly Mahmoud Fayez Ayoub, e ao juiz titular da Primeira Vara Cível, Dr. Milton Biagione Furquim pelo apoio disponibilizado por ambos na adoção de medidas no combate a pandemia do Coronavírus.

AGLOMERAÇÃO

Depois de aberta a palavra aos presentes, a reportagem do jornal quis saber se seria adotada alguma providência em relação às aglomerações de pessoas, principalmente nos finais de semana, ao longo da Avenida Dona Floriana.

Rodrigo repsondeu que em princípio não seria possível dissolver estas aglomerações até mesmo pelo fato da Constituição Federal garantir o direito de ir e vir e, de permanecer das pessoas; que os comerciantes são responsáveis apenas “da porta para dentro de seus estabelecimentos”.

Diante da incidência da doença e do número de óbitos, o vice-prefeito não descartou a hipótese de uma tratativa com os promotores de justiça e juízes de Direito da Comarca a respeito do tema.     




Mais Política


 Publicidades

Correio Sudoeste - Todos os Direitos Reservados - Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo sem autorização prévia

Desenvolvido por Paulo Cesar