EM MENOS DE 30 DIAS, FAMÍLIA PERDE TRÊS PESSOAS POR COVID-19 - Correio Sudoeste - De fato, o melhor Jornal | Guaxupé Mg

Guaxupé, 28 de janeiro de 2021


Publicidades

EM MENOS DE 30 DIAS, FAMÍLIA PERDE TRÊS PESSOAS POR COVID-19

Publicado quarta, 13 de janeiro de 2021





A cidade de Juruaia recebeu nessa manhã de quarta-feira, a triste notícia do falecimento da 10ª  vítima de coronavírus.

O senhor de 77 anos que estava internado na UTI de Guaxupé e morreu hoje, perdeu a filha de 53 anos no dia 26 de dezembro e no dia 7 de janeiro foi a esposa que faleceu em decorrência do vírus.

De família muito unida e religiosa, as mortes causaram grande abalo não só pela rapidez com que ceifou as vidas, mas também pela proibição de qualquer ato de despedida, como um velório.

Desde o dia 24 de dezembro, a cidade registrou um aumento de 135 novos casos confirmados, com quatro óbitos.   

Com o aumento em toda região e prevenindo um colapso no atendimento hospitalar, um novo decreto foi divulgado pela atual administração como uma ‘contenção social’ onde os moradores deverão permanecer em suas residências podendo sair apenas para o trabalho e em caso de necessidade, e evitando o contato com amigos, encontros familiares e permanências em praças públicas.

No decreto, as pessoas que tomarem conhecimento de infectados, pacientes em situação de suspeito ou ainda aqueles que fizeram testagem em outra cidade tendo resultado positivo, que estiverem circulando pela cidade, poderão denunciar para a Vigilância em Saúde.

O comércio continua a funcionar mas com uma redução na capacidade de atendimento e com uso obrigatório da máscara por todos.

Entre outras regras, a Prefeitura continuou com a proibição de ônibus e vans de excursões, mas continua recebendo as centenas de trabalhadores de outras cidades da região.

As festas familiares também foram suspensas assim como a locação/cessão de chácaras, sítios ou outros imóveis para fins de lazer.

O não cumprimento do Decreto acarretará multas tanto para comerciantes, quanto para os cidadãos, podendo ser chamada a Polícia Militar para colaborar na fiscalização.

Vale lembrar que a Santa Casa de Juruaia, assim como outras que fazem da AMOG, não possui leitos de UTI e até nos casos mais graves da doença, os pacientes são removidos para Guaxupé.




Mais Regional


 Publicidades

Correio Sudoeste - Todos os Direitos Reservados - Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo sem autorização prévia

Desenvolvido por Paulo Cesar