FACULDADE INDENIZARÁ ALUNO POR SEMESTRE PERDIDO - Correio Sudoeste - De fato, o melhor Jornal | Guaxupé Mg

Guaxupé, 18 de janeiro de 2021


Publicidades

FACULDADE INDENIZARÁ ALUNO POR SEMESTRE PERDIDO

Publicado quinta, 29 de outubro de 2020





Instituição recebeu repasse do Fies, mas não montou grade de matérias

A Faculdade Editora e Distribuição Educacional S/A deverá indenizar um universitário em R﹩ 7 mil por danos morais e restituí-lo pelas mensalidades cobradas durante o semestre letivo. A decisão foi tomada pela 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), em conformidade com sentença da primeira instância.

O estudante fez a matrícula, no primeiro semestre de 2015, no curso de Direito, mas a faculdade não elaborou a grade de horários nem disponibilizou as matérias para serem estudadas.

A Editora e Distribuição Educacional alega que o fato de a montagem das grades ter sido feita três semanas depois do início das aulas não demonstra deficiência na prestação de serviços. A faculdade solicitou a diminuição do valor da indenização.

Sem ter as matérias disponíveis para ele, o aluno ainda assistiu a algumas aulas, mas o semestre letivo não constou em seu histórico acadêmico.

Segundo o relator do acórdão, desembargador Alberto Henrique, a decisão da primeira instância deve ser mantida. "Os serviços não foram prestados pela faculdade", ressaltou o relator. Ele também salientou, em seu voto, que a condenação por danos morais é justa, diante da frustração do aluno com o atraso de um semestre no curso, "sem justificativa plausível."

Os desembargadores Rogério Medeiros e Luiz Carlos Gomes da Mata votaram de acordo com o relator.




Mais Justiça


 Publicidades

Correio Sudoeste - Todos os Direitos Reservados - Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo sem autorização prévia

Desenvolvido por Paulo Cesar