POLÍCIA CIVIL VAI OUVIR MULHERES VÍTIMAS DE PAI DE SANTO - Correio Sudoeste - De fato, o melhor Jornal | Guaxupé Mg

Guaxupé, 10 de agosto de 2020


Publicidades

POLÍCIA CIVIL VAI OUVIR MULHERES VÍTIMAS DE PAI DE SANTO

Publicado quinta, 23 de julho de 2020





A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva nessa quinta-feira, de um homem, de 45 anos, suspeito de abusar sexualmente, mediante fraude, de sua enteada e outras mulheres, em Arceburgo. Até o momento, foram identificadas três vítimas do sexo feminino, e ainda serão ouvidas outras cinco possíveis mulheres que sofreram os abusos.

O inquérito policial apura o crime de violação sexual mediante fraude. As investigações começaram no início da semana, e apurou, até o momento, que o suspeito mantinha um Terreiro de Umbanda, e sob o argumento de que as vítimas estavam com problemas espirituais, sugeria que se fizesse “trabalhos ” de cura. Na ocasião em que realizava esses “trabalhos”, praticava os atos libidinosos.

A Delegada Ariadya Tavares, responsável pelas investigações, ressaltou a necessidade do cumprimento dessa prisão: “Como o suspeito permanecia realizando as sessões em seu Terreiro, existia o risco de outras mulheres virem a sofrer os abusos. Ademais, o investigado possui relação de parentesco com uma das vítimas. A prisão era medida urgente e necessária.”

Os levantamentos da PCMG prosseguem com o intuito de identificar outras possíveis vítimas. O suspeito foi encaminhado ao Sistema Prisional e encontra-se à disposição da Justiça.

A ação foi realizada pela Delegacia de Polícia Civil de Monte Santo de Minas com o apoio da equipe da Delegacia de Itamogi.




Mais Polícia


 Publicidades

Correio Sudoeste - Todos os Direitos Reservados - Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo sem autorização prévia

Desenvolvido por Paulo Cesar