ATÉ DIA 6, COMÉRCIO DEVERÁ FUNCIONAR PARCIALMENTE E POPULAÇÃO DEVERÁ OBEDECER HORÁRIO DE PERMANÊNCIA NA RUA - Correio Sudoeste - De fato, o melhor Jornal | Guaxupé Mg

Guaxupé, 09 de julho de 2020


Publicidades

ATÉ DIA 6, COMÉRCIO DEVERÁ FUNCIONAR PARCIALMENTE E POPULAÇÃO DEVERÁ OBEDECER HORÁRIO DE PERMANÊNCIA NA RUA

Publicado quarta, 27 de maio de 2020





Veja a lista das atividades

Na noite da terça-feira, dia 26, a Prefeitura de Guaxupé divulgou pelo Facebook algumas alterações no decreto da flexibilização das atividades comerciais, que estavam em vigor desde o dia 29 de abril, quando a cidade registrava apenas 3 casos positivos para coronavírus.

Depois disso aconteceu vários embates entre o Ministério Público e a Prefeitura,  que discordavam sobre a flexibilização do comércio.

Apesar de todo pedido realizado pela prefeitura para os moradores se manterem em casa, o que se via pelas ruas da cidade, principalmente no sábado, era a movimentação de pessoas em grande volume (famílias inteiras, inclusive). Mesmo com o uso da máscara ser obrigatório  e comprovar a prevenção no contágio, a Prefeitura pede que só se saia de casa em casos extremos, pois a transmissão do vírus pode ocorrer com contato em superfícies.

Com o Brasil sendo o novo epicentro da pandemia do coronavírus, as cidades interioranas estão começando a registrar casos confirmados.

Até ontem, Guaxupé notificou 18 casos positivos, sendo que oito já se recuperaram e o restante está em isolamento domiciliar.

 

ALTERAÇÕES

Pelo novo decreto, que terá validade até o dia 6 de junho, as atividades comerciais, mesmo as essenciais, deverão funcionar até às 20h.

Atividades não essenciais, discriminadas no anexo II (leia abaixo a lista), deverão funcionar nas segundas, quartas e sextas-feiras, das 8 às 18h. Sábado deverão permanecer fechadas.

Serviços de saúde, farmácias e drogarias, permanecerão em funcionamento até 23h.

Lanchonetes e comércios que entregam alimentos no serviço de ‘delivery’ poderão funcionar até 23h.

Está proibida a circulação e permanência de pessoas nas ruas e praças, a partir das 20h até às 5h do dia seguinte. Quem trabalha nesse período, se abordado, deverá apresentar comprovante. Estão liberados serviços públicos e privados de limpeza, segurança, transporte, saúde e assistência social.

Quem violar o Decreto poderá ser advertido e se persistir, receberá multa e outras penalidades administrativas.

ATIVIDADES QUE DEVERÃO FUNCIONAR DIARIAMENTE ATÉ 20H:

Horticultura; produção de lavouras; pecuária; abate e fabricação de produtos de carne; laticínios; torrefação e moagem de café; fabricação de outros produtos alimentícios; fabricação de bebidas alcoólicas; supermercados, mercearias e armazéns; açougues; Comércio varejista de bebidas; Restaurantes e outros serviços de alimentação e Lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares; Bancos comerciais; Atividades de serviços financeiros não especificadas; Construção Civil e Afins; comércio varejista de tintas e materiais para pintura; Comércio varejista de materiais de construção em geral; Confecção de artigos do vestuário e acessórios; atividade de impressão; Comércio varejista de combustíveis para veículos automotores; Comércio, manutenção e reparação de motocicletas e veículos, peças e acessórios; Transporte, Veículos e Correios; Hotéis e afins.

 

ALGUMAS DAS ATIVIDADES DO ANEXO II

Comércio varejista de antiguidades e objetos de arte; Comércio varejista de armas e fogos de artifício;  Comércio varejista de artigos esportivos; Comércio varejista de brinquedos e artigos recreativos ; Comércio varejista de bicicletas e peças; Comércio varejista de artigos de caça, pesca e camping; comércio atacadista de equipamentos elétricos de uso pessoal e doméstico;

Floriculturas;  Comércio varejista de produtos novos não especificados anteriormente e de produtos usados; Comércio varejista de equipamentos para escritório; Comércio varejista de artigos de cama, mesa e banho; Comércio varejista de tecidos; Comércio varejista de equipamentos de informática; Comércio atacadista de artigos de armarinho; Outros serviços serviços de comércio ambulante; Formação de Condutores; Lojas de departamentos ou magazines; Comércio varejista de produtos alimentícios, bebidas e fumo; Comércio varejista de artigos de papelaria; Comércio varejista de jornais e revistas; Vestuário; Comércio varejista de calçados; Cabeleireiros Salões de beleza e estética; Outras atividades de serviços pessoais; Escritórios de advocacia Escritório de contabilidade.

 

ESTÃO IMPEDIDAS DE FUNCIONAR

Agências de viagens; atividades artísticas, criativas e de espetáculos; Atividades paisagísticas ; Decoração de interiores; organização de eventos; atividades cinematográficas, produção de vídeos e programas; Comércio varejista especializado de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo; Recarga de cartuchos para equipamentos de informática; Comércio varejista especializado de instrumentos musicais e acessórios comunicação; Comércio varejista especializado de equipamentos de telefonia e comunicação; Comércio atacadista de suprimentos para informática; Comércio varejista de artigos de joalheria; Comércio atacadista de jóias, relógios e bijuterias; atividades religiosas e políticas; atividades de recreação e lazer; atividades esportivas; atividades fotográficas; atividades imobiliárias por contrato; serviços de tatuagens e piercing; bares.




Mais Cidade


 Publicidades

Correio Sudoeste - Todos os Direitos Reservados - Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo sem autorização prévia

Desenvolvido por Paulo Cesar