PRÉDIO QUE ABRIGA A CASA DA CULTURA É TOTALMENTE REVITALIZADO EM GUAXUPÉ - Correio Sudoeste - De fato, o melhor Jornal | Guaxupé Mg

Guaxupé, 26 de maio de 2020


Publicidades

PRÉDIO QUE ABRIGA A CASA DA CULTURA É TOTALMENTE REVITALIZADO EM GUAXUPÉ

Publicado terça, 05 de maio de 2020





Está em fase final a obra de revitalização do prédio da Prefeitura que pertenceu a Companhia Mogiana e que desde dezembro de 2008 abriga a Fundação Casa da Cultura de Guaxupé. Ao lado da Secretaria Municipal de Educação e pertencente ao complexo Parque da Mogiana, o prédio chama a atenção por sua beleza e por manter as características arquitetônicas da época. 

Quem passa pela Avenida Felipe Elias Zeitune tem notado que o prédio que abriga a Casa da Cultura está em reformas. Essa é a primeira vez que o local recebe tamanho investimento, oriundos do FUMPATRI (Fundo Municipal do Patrimônio Histórico), destinado à manutenção e preservação de imóveis públicos tombados como patrimônio histórico em Guaxupé. 

“A reforma do prédio Casa da Cultura consiste em algo de suma importância  para o desenvolvimento cultural e histórico da cidade. A expressão arquitetônica por si só já menciona tal valor. Diante disso e da necessidade do uso  podemos reafirmar que se fazia necessária a reforma. Anteriormente o prédio havia  sido restaurado quando abrigou a então casa da cultura. A atual reforma  aconteceu no ato de uma revitalização com intervenções onde mostra o antigo e o novo, um diálogo relevante para história e para cultura de nossa cidade”, falou Eliton Pereira, Secretário Municipal de Obras e responsável pelo projeto.    

A liberação do recurso só foi possível após aprovação do Conselho Municipal de Patrimônio Histórico que entendeu a importância da reforma geral do prédio, mantendo as características arquitetônicas e preservando a história da Companhia Mogiana no município.

A revitalização compreende higienização sanitária de todo o prédio, instalação do forro da sala de música e cafeteria, colocação de novos pisos na varanda que dá acesso ao Parque Municipal da Mogiana, instalação de calhas, portões e grades para garantir a segurança patrimonial do local, invernização de todo o madeiramento, melhorias nos banheiros, substituição parcial do telhado e pintura em geral.

Num total de R$242 mil, disponibilizados através do Fundo Municipal do Patrimônio Histórico de Guaxupé, a obra que dura há aproximadamente 05 meses, está prevista para ser finalizada ainda neste mês de maio.

 




Mais Cidade


 Publicidades

Correio Sudoeste - Todos os Direitos Reservados - Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo sem autorização prévia

Desenvolvido por Paulo Cesar