Correio Sudoeste - FEMAGRI apresenta novas técnicas sustentáveis para a cultura do café e amplia conhecimentos de cafeicultores

Guaxupé, 25 de fevereiro de 2020

Publicidades

FEMAGRI apresenta novas técnicas sustentáveis para a cultura do café e amplia conhecimentos de cafeicultores

Publicado quinta, 13 de fevereiro de 2020





No primeiro dia, Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas recebeu mais de 10,3 mil produtores

Os cafeicultores que visitam a FEMAGRI 2020 (Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas), promovida pela Cooxupé (Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé), têm acesso a novas técnicas sustentáveis, práticas e estratégias, ampliando o conhecimento sobre o manejo para ganhar mais qualidade e competitividade.

As atividades relacionadas à gestão da propriedade e cuidados com as plantações trazem conteúdos relevantes na Fazendinha como: o manejo de resíduos orgânicos; práticas para o combate de plantas daninhas e brocas; técnicas para armazenamento de defensivos e mudanças na logística de fertilizantes, além de outros temas importantes para a administração da vida cafeeira. O espaço tradicionalmente também  promove e difunde ações educativas, resultados de pesquisas e trabalhos desenvolvidos por instituições e universidades.

No processo de boas práticas, no estande do NEA (Núcleo de Educação Ambiental) da Cooxupé, o visitante tem a oportunidade de conhecer técnicas e práticas de organização da propriedade. No espaço do Geoprocessamento, o produtor recebe informações sobre como as condições climáticas influenciam na produção e o que é importante saber para decisões estratégicas. 

Já o Sebrae-MG oferece orientações sobre a gestão da propriedade por meio do projeto Educampo, que utiliza uma plataforma para gerar informações estratégicas, projeções, cenários e análises para o planejamento e tomada de decisões dos produtores.

 

Pesquisa

O IFSULDEMINAS traz para a FEMAGRI 2020 diversos resultados de pesquisas e programas de apoio aos produtores, que são realizados pelos alunos, professores e empresa júnior da instituição. O destaque fica por conta do descascador horizontal de cereja, desenvolvido e patenteado por alunos e professores do Instituto, que é o único a não utilizar água e reduz o consumo de energia em até 20%.

Já a Epamig (Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, apresenta um trabalho direcionado para a prevenção e controle de pragas e doenças.

De acordo com Mário Ferraz de Araújo, gerente de Desenvolvimento Técnico da Cooxupé, a proposta da Fazendinha é disponibilizar o conhecimento a respeito do manejo e práticas sustentáveis e técnicas de gestão, contribuindo com o aperfeiçoamento dos produtores na manutenção das lavouras de café.

A FEMAGRI segue no dia 13 e 14 de fevereiro, das 08h às 18h. A entrada é franca. Mais de 30 mil produtores são esperados na edição 2020.




Mais Agropecuária


 Publicidades

Correio Sudoeste - Todos os Direitos Reservados - Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo sem autorização prévia

Desenvolvido por Paulo Cesar