Guaxupé, sexta-feira, 14 de dezembro de 2018
Você está em: Notícias / Justiça / Em noite havaiana, o juiz diretor do Foro é homenageado
terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Em noite havaiana, o juiz diretor do Foro é homenageado

O juiz diretor do foro da Comarca de Guaxupé, João Batista Mendes Filho, foi homenageado pelos servidores da Comarca de Guaxupé durante a realização de uma confraternização de final de ano. O evento aconteceu nas dependências do Clube Operário, no último dia 30 de novembro, e foi organizado pelas funcionárias: Drielli, Vânia, Marinalva, Rosana, Fábio e Paulo César Rossi Elias.
 
Anualmente, no período que antecede o Natal, os servidores do Fórum, e respectivas famílias, promovem uma confraternização para integração.
 
Conforme menciona o escrivão da Primeira Vara Cível, Paulo César Rossi Elias, a cada ano o evento vem evoluindo, conquistando maior adesão e, consequentemente, a festa vem tomando vulto e grandiosidade.
 
Com o salão ricamente ornamentado com símbolos havaianos, os participantes foram recepcionados com uma mesa de frios e frutas típicas do natal.
 
Naquela oportunidade foram sorteados brindes para os participantes, seguida de um show de mágica do artista J. Karllus e com apresentação musical do grupo “Alan Marks”.
 
Posteriormente foi feita uma homenagem ao juiz diretor do Foro, João Batista Mendes Filho, quando lhe foi entregue uma lembrança com produtos natalícios. Foi um momento de muita emoção porque todos queriam cumprimenta-lo, e ele, com a sua simplicidade ia recebendo o abraço carinhoso de todos, desde os mais modestos funcionários até os dos postos mais elevados.
 
A confraternização rolou noite a dentro.
 
Homenagem ao juiz João Batista
 
Neste momento em que comemoramos mais um ano na lida forence não poderíamos deixar de homenagear nosso querido e amado diretor, o Dr. João Batista Mendes Filho.
A expressão e o vulto deste digno juiz, na Magistratura Mineira, dispensa todo e qualquer encarecimento.
 
É um magistrado à altura desta grande terra, com ideias e convicções próprias, pensando e agindo livre e conscientemente, com ética e elegância numa elevação de princípios.
Homem bom e simples, conquistou a estima e o respeito, quer pelas suas virtudes, quer pela maneira serena e humana com que judica na Comarca, servindo ao Direito e à Justiça, com probidade e saber jurídico.
 
Sua vida foi sempre uma lição de trabalho e se irradiou beneficamente num envolvimento de afetos e de ações sobre seus jurisdicionados e fatos da cidade numa constância que lhe deu créditos da mais alta benemerência e marcou lhe o nome com fulgores indeléveis de estima e respeitabilidade.
 
Dr. João encartou na história desta Comarca realizações que a sua visão de homem esclarecido e a sua vocação progressista com os lastros de sua operosidade se dimensionaram nos altos níveis de sua admirável capacidade.
Cercado deste prestígio e apreço, que somente os homens inspirados no bem têm o privilégio de conquistar, quando esteve à frente do Foro em outra oportunidade conseguiu junto ao TJMG a construção do prédio atual do Fórum.
 
Como juiz e homem público, principalmente como homem bom, pois esta é a marca dominadora de sua figura real sem retoques das conveniências pela sua formação cristã e pela disponibilidade do seu coração generosamente aberto às amizades e à compreensão que nunca lhe faltou para identificar sua vida com aquela paz de espírito de que se nutre para distinguir o bem e o mal.
 
Fez-se estimado em todas as classes sociais mercê de suas maneiras simples e da atenção que a todos dispensa com aquele seu sempre igual desejo de servir e no interesse do bem público.
Por estes e tantos outros motivos conseguiu a estima e o respeito, não só de seus jurisdicionados, mas em dezenas de comarcas do Estado de Minas Gerais.
 
Mesmo em longínquas comarcas deste rincão mineiro quando um pesquisador vai à procura de um velho processo judicial ou um advogado a participar de uma audiência, quando se identifica que milita na Comarca de Guaxupé, o nome do juiz Dr. João Batista é lembrado como um expoente da magistratura mineira, com as mais justas ponderações. São demonstrações sinceras do quanto ele é acatado e respeitado no Judiciário Mineiro e entre nós.
 
Esta nota não lhe vai como um elogio, pois os seus méritos pessoais como magistrado são evidentes e notórios, pois ele tem sabido engrandecer o posto que tem ocupado e que, pela sua formação cultural, muito tem feito e tudo poderá fazer a bem da sociedade.
 
Dr. João queira aceitar nesta modesta lembrancinha a nossa sincera homenagem e o nosso respeito e a nossa gratidão.

Confira a Galeria de Fotos

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados