Guaxupé, segunda-feira, 17 de junho de 2019
Você está em: Notícias / Justiça / Júri decidirá sobre morte causada por briga de gangues
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Júri decidirá sobre morte causada por briga de gangues

O Tribunal do Júri da Comarca local promoverá a terceira sessão ordinária do presente exercício, em 1º de março próximo, a partir das 9 h, para o julgamento do réu, Danilo Antônio Azarias, o qual está sendo acusado pelo Ministério Público do Estado de Minas Gerais de ter assassinado Cristiano Valério de Lima.
 
A sessão será presidida pela juíza de Direito da Vara Criminal local, Cristiane Vieira Tavares Zampar, com a acusação do promotor de justiça, Thales Tácito Pontes Luz de Pádua Cerqueira, enquanto que a defesa do réu ficará a cargo do defensor público Felipe Moreira Favilla.
 
Gangues
Na peça acusatória, o promotor de Justiça, Thales Tácito, fundamenta que a Polícia Civil, através de um ”relatório e de um fluxograma”, detectou que, em Guaxupé, também existe uma disputa por ponto de venda de drogas e que diante disto tem acontecido acertos de contas entre gangues rivais.
 
Segundo documentos juntados às fls. 91, comprovou-se a existência de uma conexão intersubjetiva recÍproca com a prática de crimes entre gangues rivais, lideradas por Gustavo Gonçalves Ribeiro da Silva, mais conhecido por “Gustavo do Alaor” e por Danilo Antônio Azarias.
 
Acusação
Segundo a denúncia do representante do Ministério Público, Danilo e a vítima, Cristiano Valério de Lima, se envolveram nas disputas de gangues por pontos de venda de drogas.
 
Nestas circunstâncias, em 3 de maio de 2015, por volta da 1 h, Danilo saiu de sua residência portando uma arma de fogo e se dirigiu até a Rua Paraguai, nº 536, Vila Progresso, ocasião em que desferiu diversos disparos contra Cristiano, provocando-lhe a morte.
 
Qualificação do réu
Danilo Antônio Azarias é brasileiro, pedreiro, nasceu em 09 de fevereiro de 1992, portanto com 23 anos por ocasião dos fatos e encontra-se recolhido ao presídio Guaxupé-Guaranésia à disposição da Justiça.

Confira a Galeria de Fotos

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados