Guaxupé, sexta-feira, 21 de setembro de 2018
Você está em: Notícias / Guaxupé Destaca / Associação de moradores do “Nova Floresta”: iniciativa em prol da natureza de Guaxupé
sábado, 11 de abril de 2015

Associação de moradores do “Nova Floresta”: iniciativa em prol da natureza de Guaxupé

Considerado um dos locais mais bonitos de Guaxupé, o bairro Nova Floresta, moradores se reúnem em prol do verde e da natureza. 

Carlos Magno de Souza, um dos integrantes da diretoria da Associação, revela ao Guaxupé Destaca as características dessa organização.

G/D: Magno, nos fale como foi organizada a Associação do Residencial Nova Floresta e qual a sua finalidade? 

C.M: A Associação dos Moradores do Residencial Nova Floresta foi constituída com a finalidade de buscar recursos e melhorias para o Residencial. A AMORNF se deu no dia 8 de agosto de 2013, sendo uma antiga aspiração dos moradores.

G/D: Quantos membros compõem a associação e como é montada a sua estrutura?

C.M: Atualmente, estamos com 110 membros. A AMORNF está constituída de uma Diretoria Executiva com: Presidente e vice, um Secretário e seu suplente, um Tesoureiro e seu suplente e um Conselho Fiscal com seis conselheiros, todos eleitos em assembleia.

G/D: Essa comunidade já tentou, tempos atrás, plantar árvores no bairro, principalmente ipês. Qual a razão de as mudas não terem se desenvolvido?

C.M: Lembro-me de que a nossa Associação ainda não existia. Não tínhamos um projeto urbanístico e paisagístico para as praças como temos agora, elas não possuíam cavalete de água e faltou também, uma integração maior com os moradores, bem como, incuti-los da importância dessa atividade. Agora estamos realizando plantios e fazendo sua manutenção. Estamos aguardando o final dessa falta de chuva para solicitarmos à Copasa a implantação dos cavaletes.

 G/D: Como a Associação classifica o movimento promovido pela página Guaxupé Destaca reunindo habitantes da cidade e a Administração Municipal em prol do plantio de árvores?

C.M: Quando o poder público e as ONGs se juntam, a população vê que se está cuidando e valorizando o espaço em que vivemos e administrando o futuro. Como diria o cineasta “me interessa o futuro, porque é o lugar onde vou passar o resto da minha vida”.

 G/D: Você acredita que essa união entre todos poderá arborizar toda a cidade?

C.M: Com certeza. Teremos uma cidade mais bonita devido às plantas e flores, um maior número de pássaros e um ar mais respirável. As árvores ornamentam e melhoram as áreas urbanas, fornecendo sombra, oxigênio e sensação de bem-estar, além de encorajar as pessoas a praticar exercícios. Nosso Residencial tem um grande potencial para receber este público.

 G/D: Após o plantio em mutirão no bairro Nova Floresta realizado no dia 22 de novembro, como os membros da Associação estão cuidando das mudas plantadas e preservando-as enquanto se desenvolvem? Ou seja, os moradores são os maiores responsáveis pela conservação das plantas?

C.M: No momento contamos com o voluntarismo do Sargento Simonal, integrante da Polícia Militar de Guaxupé, que vem realizando o plantio de árvores nos canteiros e na Área de Preservação Permanente (APP), e dos nossos moradores que assumiram a responsabilidade pela manutenção.

G/D: Os moradores do bairro, em sua maioria, concorda com este movimento que reúne pessoas para se dedicarem à plantação ou são poucos que se interessam pela causa?

C.M: A grande maioria espera pelo chamado para participarem. Acredito que uma boa divulgação irá sensibilizá-los para a causa. Vivemos em coletividade. Precisamos atrair principalmente as crianças que são mais conscientes que os adultos.

G/D: O local já abrigou uma das fazendas mais bonitas da região. Com o loteamento da fazenda muitas árvores foram derrubadas? 

C.M: Não. Nessa pequena parte do loteamento tínhamos plantação de café e cana-de-açúcar. A fazenda ainda está praticamente preservada.

A fazenda data de 1823 sendo uma reserva ecológica, com parte da Mata Atlântica, com incontáveis espécies de pássaros e animais silvestres.

G/D: Os membros da Associação planejam ajudar a plantar em outras regiões da cidade juntamente com os membros do Guaxupé Destaca?

C.M: Sim. Plantar árvores é um jeito simples de proteger e apoiar o meio ambiente, o abastecimento de água, o desenvolvimento comunitário e a saúde, bem como melhorar o clima.

G/D: O que falta para que a AMORNF atinja seus objetivos?

C.M: Apesar das nossas conquistas, ainda falta MUITO por fazer e, para isso, precisamos SENSIBILIZAR a todos os demais moradores para que tomem conhecimento das nossas intenções e realizações. Todos precisam nos ajudar na busca de melhorias para o Residencial.

 

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados