Guaxupé, sábado, 20 de abril de 2019
Você está em: Notícias / Geral / Somente 27% dos contribuintes entregaram as declarações do IRPF 2019 na Região de Poços de Caldas
terça-feira, 9 de abril de 2019

Somente 27% dos contribuintes entregaram as declarações do IRPF 2019 na Região de Poços de Caldas

A Receita Federal alerta que o prazo de entrega vai até 30 de abril
Até 04 de abril de 2019, 20.336 declarações foram recebidas pelos sistemas da Receita na região jurisdicionada pela Delegacia da Receita Federal de Poços de Caldas, de acordo com a Superintendência Regional da 6ª Região Fiscal (MG). Esse número corresponde a 2% das declarações entregues no estado de Minas Gerais até o momento. 

A expectativa, de acordo com o Delegado da Receita Federal em Poços de Caldas, Auditor-Fiscal, Michel Lopes Teodoro é que sejam entregues 74 mil declarações na região jurisdicionada por Poços de Caldas até o final do mês. 

Em Minas Gerais , foram entregues 821.628 declarações, que correspondem a 9% do que foi entregue em todo o Brasil. 

O prazo de entrega da declaração termina no dia 30 de abril. A  Receita alerta que os contribuintes que perderem o prazo estarão sujeitos ao pagamento de multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do imposto devido. 

Neste ano, uma das novidades é que é obrigatório informar o CPF de dependentes independente da idade. 

Doação para o FIA 
O Imposto de Renda devido de pessoas físicas pode auxiliar na promoção de projetos sociais que beneficiem crianças e adolescentes de Poços de Caldas e dos municípios da região, para isso basta que seja feita a destinação para o FIA, na própria declaração. O FIA é um fundo público coordenado pelo Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes (CMDCA), que tem como finalidade gerir os recursos doados para financiar projetos que atuam na garantia, proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente. 

Podem realizar a doação os contribuintes, que fizerem o modelo completo da Declaração do Imposto de Renda. A doação não representa um gasto adicional para o contribuinte, mas sim a destinação para os fundos municipais de uma parcela do imposto devido à Receita Federal. 

Para fazer a doação ao FIA, no momento do preenchimento da declaração do Imposto de Renda,  o contribuinte deve preencher todas as fichas da declaração e, em seguida, consultar na ficha “Doações Diretamente na Declaração - ECA” o valor disponível para doação, que já vem calculado pelo programa. O contribuinte pode escolher se quer doar na esfera municipal, estadual ou nacional. Ao selecionar a cidade, o programa preenche automaticamente o CNPJ do fundo escolhido. 

A destinação pode ser de até 3% do valor do imposto devido. Quem tem imposto à restituir também pode fazer a doação, com isso, o valor a ser restituído aumenta. O contribuinte deve escolher o fundo para o qual deseja efetuar a doação e informar o valor a ser destinado. O próprio programa gera um DARF no valor informado. 

Mais informações estão disponíveis no site www.receita.economia.gov.br. 

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados