Guaxupé, sábado, 18 de novembro de 2017
Você está em: Notícias / Eleição / Com o debate de candidatos, eleitores indecisos terão oportunidade para definir o voto
sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Com o debate de candidatos, eleitores indecisos terão oportunidade para definir o voto

A TV Sul Educativa promoveu um debate com os três candidatos a prefeito, Barreto, Jarbinhas e Dr. Raul Clemente Júnior, na última quinta-feira, 29, às 20h45. A mediação foi feita pelo diretor da emissora, Ricardo Zaiat.  Uma equipe da 57ª Subseção da OAB, Ordem dos Advogados do Brasil, composta pelo presidente da instituição, Marco Antônio Alves, e pelos diretores Amilton Elias e Maylon Furtado Passos analisaram eventuais pedidos de direito de resposta de candidatos, que se sentiram ofendidos por eventuais perguntas entre eles.

No primeiro bloco foi apresentada uma pergunta aos três candidatos para o problema histórico da grande quantidade de animais soltos nas ruas e qual seria a solução.

O primeiro a responder foi Barreto. Ele entende que é preciso incentivar as três entidades que já existem para que elas possam cuidar desses animais,  e os veterinários da Prefeitura também podem colaborar nesta ação conjunta. Para o candidato, os animais também devem ser tratados com carinho, da mesma forma que as pessoas.

Dr. Raul menciona que as pessoas que se propõem a adquirir ou possuir um animal devem fazer de forma consciente, promovendo a castração e mantendo seu cão ou gato de estimação bem tratados. Ele também vê os animais como se fossem seres humanos.

Jarbinhas mencionou que a sua administração incentivou as três instituições que cuidam de animais e que ele pretende criar um centro de zoonoses. Na sua visão, os animais precisam ser acolhidos para doação, pelas pessoas dispostas a ter um animal de estimação.
 
Perguntas do público
 

Uma moradora do bairro Flor do Estado mencionou que aquela localidade vem enfrentando problemas constantes de falta de água potável. Diante do problema, perguntou qual a solução que o candidato teria. Dr. Raul respondeu que a Prefeitura tem que cobrar as providências da Copasa, que a falta d’água é uma verdadeira falta de respeito para com as pessoas e que o fornecimento deveria ser feito nem que fosse através de caminhões-pipa.

Outro morador do mesmo bairro questionou que nas fazendas a montante da captação de água da Copasa são usados agrotóxicos. Ele teme que estes produtos possam estar contaminando a água. que é distribuída para a população. Jarbinhas disse que o tratamento feito pela Copasa é muito bom e que a empresa distribui água de muito boa qualidade.

Outra moradora do mesmo bairro perguntou como o candidato vê os políticos corruptos do PT e como pretende evitar que este tipo de pessoa faça parte da equipe de governo.

Respondendo, Barreto mencionou que não podemos conviver com a corrupção e que corruptos não existem só no PT, também se encontram em outros partidos, portanto não se pode generalizar. Acrescentou que também candidato Dr. Raul, embora esteja filiado ao PT, é uma grande pessoa, honrado e honesto.

Com relação à falta de medicamentos na farmácia municipal, principalmente os de alto custo, Dr. Raul respondeu que é preciso desenvolver um “programa inteligente” com a compra de remédios suficientes para a demanda de seis meses, embora alguns tipos de fármacos têm que ser adquiridos de forma esporádica. Ele disse que atualmente não tem fila na farmácia municipal porque não tem medicamento para entregar, e que isso é um verdadeiro descaso com os usuários do SUS.

Com relação ao grande número de desocupados que perambulam pelas ruas praticando assaltos e roubos, Jarbinhas respondeu que a segurança pública é problema dos governos, Estadual e Federal, porém a Prefeitura tem aplicado cerca de R$ 600 mil por ano no fornecimento de combustível e manutenção das viaturas das polícias Civil, Militar e Rodoviária. Finalizando, disse que o Governo do Estado está deixando a desejar.

Outra pergunta foi a respeito do valor do IPTU, Imposto Predial e Territorial Urbano. Segundo o morador que formulou a pergunta, no último ano a Prefeitura elevou algumas taxações do imposto em 200 e 300%. Diante disso, perguntou o que o candidato poderia fazer para conter esta alta absurda. Respondendo, Barreto mencionou que é preciso que se faça um estudo coerente, que o IPTU em Guaxupé é um dos mais caros da região, precisa ser reavaliado com a cobrança de um preço justo.
 
3º Bloco

Barreto questionou Dr. Raul dizendo que a administração do prefeito Roberto Luciano foi muito criticada por ter trazido pessoas de fora para ocuparem cargos de confiança, porém na atual administração o número destas pessoas é três vezes maior.

Dr. Raul respondeu que não tinha conhecimento destes números, porém sabe que os servidores concursados estão insatisfeitos com a atual administração e não justifica trazer gente de fora se aqui temos pessoas capacitadas e compromissadas com a cidade.

Ainda com relação aos “cargos comissionados” Barreto declarou que vai honrar o seu compromisso de campanha, diminuindo o número de cargos de confiança e que os cargos comissionados vão ser ocupados preferencialmente por servidores concursados e que ele não pretende trazer ninguém de fora.

Dr. Raul declarou que no Portal Transparência constam dados de aproximadamente cinco mil municípios e que o índice de Transparência de Guaxupé é um dos mais baixos. Jarbinhas questionou Barreto dizendo que ele (Barreto) tem dito formou uma equipe muito boa “de projetos”. Perguntou quem são as pessoas que integram a equipe. Respondendo, Barreto declarou que não iria lotear a Prefeitura, que sua equipe é formada por técnicos que vão procurar recursos em Belo Horizonte e Brasília para implementarem os projetos.

Jarbinhas insistiu dizendo que Barreto não havia respondido sua pergunta. Barreto afirmou que ele não “loteou” a Prefeitura e que jamais fará isto. E que a equipe de Jarbinhas, em sua grande maioria, por “pessoas de fora”.

Dr. Raul questionou Jarbinhas sobre o vice da Saúde, conforme campanha de 2012, porém o que se viu na atual administração foi um verdadeiro descaso para com a Saúde, com a desativação do laboratório de análises clínicas, o cancelamento do convênio com o Cislagos. Dessa forma, solicitou que ele enumerasse 13 metas alcançadas em sua administração.

Jarbinhas voltou a repetir que tinha conseguido a vinda do Samu, do Corpo de Bombeiros, que teria feito um convênio com um hospital-escola de Divinolândia, além de outros.

Foi concedido um direito de resposta para que Jarbinhas falasse a respeito dos cargos de Confiança, tendo ele dito que o candidato Barreto não tem conhecimento da administração. Continuando, o atual prefeito disse que 72% dos cargos comissionados são exercidos por funcionários concursados.

Barreto perguntou para Jarbinhas o que ele achava de candidato que não cumpria as promessas de campanha. Jarbinhas respondeu que todo candidato tem os seus projetos, porém, no decorrer da administração surgem os atropelos. Ele mesmo enfrentou uma queda substancial no repasse do ICMS, mas mesmo assim construiu muita coisa, municipalizou quatro creches, construiu a sede do Pelotão de Bombeiros, iluminou três trevos.

Barreto voltou a questionar Jarbinhas, dizendo que ele se limitou em fechar ruas e pintar o chão. Jarbinhas disse que a “pintura do chão” tinha sido feita com o dinheiro das multas de trânsito.

Jarbinhas indagou Dr. Raul que disse durante a sabatina no rádio que um prefeito que assume não deve paralisar obras iniciadas pelo antecessor. Em resposta, Dr. Raul disse que quem paralisou obras foi Jarbinhas, citando o Polo da Moda, que teria ficado parado por quase três anos, que havia um “fio” sobre o centro de eventos, que era um simples “cabo de luz”

Naquele loteamento existem apenas três barracões e duas terraplanagens, completou.

Jarbinhas declarou que Dr. Raul não tem conhecimento do que estava falando; que o Polo da Moda não tinha licenciamento ambiental, foi preciso fazer a “transposição da rede elétrica” e que lá também não havia água.

O candidato do PT perguntou para Barreto; “na condição de empreiteiro de obras, como o Sr. vê o andamento das obras da ETE?”  Barreto disse: “aquilo está muito complicado”, foram liberados R$ 15 milhões, já gastaram quase R$ 5 milhões, as obras estão só no começo e isso já está sendo investigado pela “Lava Jato”. O povo não pode continuar pagando esta taxa sem tratar o esgoto.

Na réplica, Dr. Raul mencionou: a gente não sabe o que está acontecendo, já usaram quase R$ 6,5 milhões, a gente fica incomodado; por que será que está demorando tanto? Temos que rever este contrato com a Copasa; tem que por as coisas no papel.
 
4º Bloco

Dr. Raul pergunto a Barreto se ele acredita em pesquisas eleitorais. Respondendo, ele mencionou “a gente acredita quando é feito por uma empresa idônea”. Muitas vezes apresentam pesquisas falsas. Até agora não saiu nenhuma pesquisa. Para realizar pesquisa é preciso contratar empresa séria.

Na réplica, Dr. Raul disse “pesquisa é na urna”. Na sequência, Barreto falou que o povo está cansado, as pessoas vão votar no candidato que estiver mais preparado e que apresentar as melhores propostas.

Barreto perguntou para Jarbinhas: está sendo cobrada da população uma taxa de esgoto, já gastaram quase R$ 5 milhões, e onde está o dinheiro da ETE? Jarbinhas respondeu dizendo que a Estação está sendo construída “nos Tomateiros”; que os R$ 5 milhões aplicados foram fiscalizados pela Copasa e pela Funasa, estando tudo certo, tanto é verdade que já foi liberada a segunda parcela.

Ele também disse ser contrário à cobrança da taxa de esgoto, porém, a mesma é uma “herança” deixada pelo governo do PT. Que o ex-prefeito, Roberto Luciano, teve a oportunidade de montar uma autarquia, porém, preferiu vender as redes de esgotos da cidade para a Copasa por R$ 8.200,00.

Parece que Barreto não gostou da resposta indagando-lhe: “o Sr. não respeitou a CPI,  pergunto novamente, onde está a ETE. Em resposta, Jarbinhas declarou que foi feito um contrato com a Copasa e não existe recomendação do Tribunal de Contas para não realizar a obra.
 
Último bloco

Jarbinhas perguntou a Barreto: eu administro a Prefeitura como “toco” o São João Supermercados, caso o Sr. for eleito vai administrar a Prefeitura como a sua empresa?

Respondendo, Barreto declarou: nós estamos aqui para debater ideias. Um prefeito não pode deixar mais de 500 pessoas esperando na fila, vamos largar mão de falar do São João, vamos fazer o povo sorrir.

Na réplica, Jarbinhas  disse que há quatro anos a população lhe concedeu a oportunidade; que ele tem uma história de trabalho. Barreto voltou a dizer que estava lá para debater ideias, que suas empresas nunca sofreram ações trabalhistas; que o atual prefeito não está concedendo as reposições salariais que os servidores públicos têm direto. Se esta situação persistir, daqui a quatro anos os funcionários da Prefeitura estarão recebendo apenas um salário mínimo.

Dr. Raul questionou Jarbas sobre quatro anos passados, durante a campanha política, em que ele prometeu a implantação do projeto “Olho Vivo”, com vídeo monitoramento, mas a promessa não foi cumprida.

Jarbas respondeu dizendo que o Projeto Olho Vivo foi proposto pelo “promotor de justiça Dr. Thales”; que ele Jarbas havia feito uma doação de R$ 20 mil. Finalmente, informou que o projeto é muito caro e inviável economicamente, que pretende implantar a Guarda Municipal para a vigilância de prédios e praças públicas.

Barreto perguntou o que Dr. Raul achava de candidato que faz uso de abuso de poder econômico e o que ele tinha a dizer de pessoas que são vítimas de compra de votos?

Dr. Raul disse que a prática de compra de voto é condenável; ninguém sabe em quem o eleitor votou, “é só você e a urna, não tem câmera filmando”.

Na réplica, Barreto disse: na nossa coligação não temos dinheiro para compra de voto, mas tem candidato querendo comprar a dignidade dos eleitores; se o eleitor pegar R$ 100,00 agora vai penar com falta de remédio, de exames e de consultas durante quatro anos.
  
Perguntas dos repórteres da TV

Com relação ao aumento da criminalidade por parte de menores infratores, Barreto respondeu que para combater o problema pretende implantar a Guarda Municipal, reduzir os cargos de confiança, implantar o projeto Olho Vivo, aumentar o contingente das polícias Civil e Militar, além de projetos ligados a esportes e escolas em período integral para os jovens.

Sobre a revitalização do Mercado Municipal, Dr. Raul mencionou que pretende criar dotação de recursos, procurar os donos dos boxes para incentivá-los a utilizar os espaços que podem ser utilizados para venda de artesanato e finalidades culturais..

Com relação a grande quantidade de andarilhos que perambulam pelas ruas da cidade, Jarbinhas disse que a “lei” garante o direito de ir e vir das pessoas, mas a Prefeitura, através do CRAS  e o CREAS, vem realizando um trabalho assistencial destinado para estas pessoas, como também a instituição Servos Bom Pastor, que acolhe os andarilhos.

 

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados