Guaxupé, sábado, 20 de abril de 2019
Você está em: Notícias / Educação / Sexualidade e psicanálise foram temas de palestras no Unifeg
sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Sexualidade e psicanálise foram temas de palestras no Unifeg

O Unifeg, através do curso de Psicologia, promoveu no último dia 22, uma palestra promovida pelo Professor Dr. Cesar Nunes a respeito de fundamentos teóricos e subsídios didáticos para uma educação afetiva para a formação ética emancipatória.
 
A apresentação do palestrante foi feita pela professora Dra. Solange Ribeiro, enaltecendo a atuação do mesmo na Unicamp, Universidade Estadual de Campinas, a partir de cursos de especialização em universidades europeias.
 
Segundo o palestrante, o tema sexualidade precisa ser abordado com muito cuidado e que não é através de uma palestra que se muda a mentalidade de uma pessoa, porém pode despertar para uma reflexão.
 
Ao abordar o tema, Professor César lembrou dos primitivos estudos realizados e dos postulados de Freud, considerado o pai da Psicanálise. Que o estudo do comportamento humano teve início no século XIX; que o tema está intimamente ligado à reprodução humana; que a sexualidade é a marca da vida.
 
Disse que os primitivos estudos do comportamento humano se iniciaram com o uso medicinal da cocaína, da hipnose e da análise dos sonhos das pessoas.
 
Posteriormente os técnicos constaram que somente a biologia não seria capaz de resolver determinados problemas comportamentais que estão intimamente ligados com as alterações hormonais. Para exemplificar lembrou que entre os animais irracionais as fêmeas no período do cio exalam um determinado odor atraindo os machos e que estes se tornam incontroláveis, porém entre os seres humanos, apesar dos instintos, as pessoas mantêm certo controle da situação.
 
Avanços tecnológicos
No entendimento do palestrante, as novas tecnologias e o uso indiscriminado de telefones celulares estão alterando normas de comportamento e de convivência dos membros das famílias; que determinadas pessoas nem durante as refeições conseguem se desvencilhar destes equipamentos eletrônicos; que o bom senso precisa prevalecer em relação aos avanços da tecnologia.
 
Recém-nascidos
O palestrante falou da necessidade das mães amamentarem os filhos, deste contato direto da criança com a genitora e dos aprendizados da criança no primeiro ano de vida, quando a mesma começa a descobrir o mundo que a cerca.
 
Posteriormente lembrou de determinados comportamentos típicos de crianças com idade variando de um a três anos, quando são retiradas as fraldas e as mesmas passam a ter controle das necessidades fisiológicas.
 
Adolescência
Professor César deu ênfase no comportamento dos adolescentes, período em que muitas pessoas chamam de “aborrecência”, período este em que as alterações hormonais se fazem presentes provocando mudanças comportamentais acentuadas.
 
Mulher no mercado de trabalho
Outro tema tratado com ênfase foi a inserção da mulher no mercado de trabalho após a Segunda Guerra Mundial. Até então as pessoas do sexo feminino se limitavam às tarefas domésticas com a consequente submissão dos homens, porém a partir do momento em que as mulheres passaram a ter atividades no mercado de trabalho foram adquirindo igualdade de direito em relação aos homens, com uma consequente mudança na vida sexual das mesmas.
 
Educação sexual
No entendimento do palestrante as gerações mais velhas, obrigatoriamente, precisam ir passando as orientações para as mais jovens, ficando os pais com a responsabilidade da orientação moral enquanto que a científica poderá ser relegada aos professores.
 

Confira a Galeria de Fotos

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados