Guaxupé, segunda-feira, 10 de dezembro de 2018
Você está em: Notícias / Economia / A cesta básica vai ficar mais cara
segunda-feira, 14 de março de 2016

A cesta básica vai ficar mais cara

Produtos de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos que compõem a cesta básica sofrerão aumento a partir de abril em todo o Estado de Minas Gerais. Com o aumento aprovado da alíquota de ICMS, itens básicos como desodorante, fio dental e enxaguatório bucal terão seus preços aumentados em cerca de 20% ao consumidor final.

Em razão da mudança da alíquota de ICMS de 18% para 27% para os produtos do setor, o preço de desodorantes, por exemplo, ficará 20,3% mais caro nos estabelecimento do varejo mineiro. Já itens como o fio dental terão acréscimo de 20,3%, e enxaguatório bucal, 19,2%. Preparações para barbear, por sua vez, podem ter seu preço aumentado em 22,5%. 

 Com a decisão adotada pelo estado de Minas Gerais, a ABIHPEC – Associação Brasileira das Indústrias de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos alerta que, em função do aumento do imposto que implica em remarcação de preços, o acesso aos produtos do setor, essenciais para a garantia da saúde e do bem-estar, pode ficar mais restrito aos consumidores mineiros das diferentes classes sociais. 

 
De acordo com a associação, os produtos de HPPC (higiene pessoal, perfumaria e cosméticos) não podem ser considerados supérfluos, uma vez que estão inseridos no dia a dia da população, sobretudo para a manutenção da saúde pública, do bem-estar e da qualidade de vida.

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados