Guaxupé, sábado, 25 de maio de 2019
Você está em: Notícias / Câmara / Vereadores aprovam concessão de recomposição salarial aos funcionários públicos
sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Vereadores aprovam concessão de recomposição salarial aos funcionários públicos

A Câmara Municipal de Guaxupé, sob o comando da nova mesa diretora, presidida por Leonardo Donizetti de Morais, o Léo Morais, promoveu a primeira sessão extraordinária do presente exercício, na última quarta-feira, 23, às 18h. A sessão foi convocada para a discussão e votação de um pedido de autorização legislativa para que a administração municipal concedesse uma recomposição salarial de 3,6%  aos servidores.
 
Embora no final do ano passado o plenário daquela Casa Legislativa tenha aprovado um projeto de resolução, de iniciativa de Jorginho, que determina que os projetos de lei em discussão tenham que ser encaminhados para a imprensa, o mencionado pedido de autorização legislativa não foi enviado para os veículos de comunicação.
 
Iniciado os trabalhos, o presidente solicitou que fosse prestada uma homenagem póstuma, com um minuto de silêncio, em virtude do falecimento do ex-vereador, professor e colaborador da imprensa local, Benedito Isidoro de Sá, o Comendador Isidoro.
 
Segundo o vereador João Fernando de Souza, Maria José Cirino deixou de comparecer em virtude de viagem que já se encontrava agendada.
 
Colocado o projeto de lei em discussão, parece quem ninguém queria se manifestar até que Jorginho pediu a palavra alegando que o percentual de recomposição era baixo; e equivalente ao que estava sendo proposto por outros municípios do Estado. Justificou que a Prefeitura não poderia conceder um índice superior devido aos atrasos nos repasses de verbas pelo governo do Estado.
 
A vice-presidente daquela Casa, vereadora Luzia Angelini, alegou que gostaria de conceder um índice maior, porém era o que a Prefeitura podia conceder sem comprometer a responsabilidade fiscal; disse que a administração municipal está com as contas em dia, que teria pago o 13º salário dos funcionários, diferentemente do que está ocorrendo em outros municípios.
 
Colocado em votação, o pedido de autorização legislativa foi aprovado em primeira e segunda votação por unanimidade de votos dos vereadores.
 
Encerrando os trabalhos, Jorginho informou que estava apresentando um projeto de emenda à Lei Orgânica Municipal. A emenda prevê que, para apresentação de projeto de lei de iniciativa popular as assinaturas de 5% dos eleitores possa ser de forma eletrônica, diferentemente do que ocorre atualmente, onde as assinaturas são colhidas na forma tradicional, em meio físico.

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados