Guaxupé, quarta-feira, 26 de junho de 2019
Você está em: Notícias / Câmara / Eleita nova mesa diretora da Câmara Municipal de Guaxupé
quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Eleita nova mesa diretora da Câmara Municipal de Guaxupé

Num clima tenso, aconteceu na última segunda feira, 10, por volta das 23h40, no final da 20ª sessão ordinária, a eleição da mesa diretora da Câmara Municipal para o biênio 2019/2020.
 
Foram eleitos: presidente Léo Morais; vice-presidente, Luzia Angelini Silva; 1º secretário, Donizete Luciano dos Santos; 2º secretário, Paulinho Beltrão.  
 
Sempre foi tradição naquela Casa Legislativa, na eleição da mesa diretora, de que cada um dos vereadores indicasse na cédula de votação os nomes dos edis para ocuparem os cargos da mesma.
 
Desta vez, diferentemente do que sempre aconteceu, o presidente Danilo Martins, ao iniciar a sessão legislativa, informou que a mesma seria paralisada para que os vereadores, em recinto fechado, sem a presença da imprensa, escolhessem os candidatos aos respectivos cargos.
 
Depois de aproximadamente 10 minutos, os trabalhos legislativos foram reiniciados, ficando a votação para o final.
 
Antes de iniciar a votação secreta, Jorginho anunciou que ele estaria renunciando à candidatura de presidente. Logo após o presidente foi chamando cada um dos vereadores em ordem alfabética para apresentação dos votos. O escrutínio foi feito pelo presidente Danilo e pelo servidor daquela Casa, Wilson Alves Ribeiro, cujo resultado foi o seguinte: para presidente: Leo Morais, 7 votos; Dra. Salma, 5; João Fernando, 1; para vice-presidente: Luzia Angelini, 6 votos; Francisco Timóteo, 6; em branco 1 voto; primeiro secretário: Donizete Luciano, 11 votos, 1 voto nulo e outro em branco; segundo secretário: Paulinho Beltrão, 10 votos, 2 nulos e 1 em branco.
 
Luzia Angelini e Francisco Timóteo tiveram a mesma quantidade de votos para o cargo de  vice-presidente daquela Casa. Neste caso o Regimento Interno da Câmara Municipal declara vencedor o vereador com mais idade. Desta forma, Luzia foi eleita.
 
Um detalhe curioso a ser observado é o de que em sessões passadas o vereador Ari Cardoso travou um verdadeiro embate com o colega Francisco Timóteo. No calor das discussões Ari mencionou que havia sido procurado por Francisco Timóteo e que este teria lhe dito que o prefeito Jarbinhas havia declarado que os vereadores deveriam eleger Leo Morais presidente.
Coincidência ou não, Leo Morais acabou eleito.  
 

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados