Guaxupé, terça-feira, 18 de dezembro de 2018
Você está em: Notícias / Câmara / Dra. Salma fala da falta de apoio e que as forças políticas locais não têm compromisso com o povo
terça-feira, 9 de outubro de 2018

Dra. Salma fala da falta de apoio e que as forças políticas locais não têm compromisso com o povo

No grande expediente da 16ª sessão ordinária da Câmara Municipal, realizada na última segunda-feira, 8, a vereadora Dra. Salma Regina Gallate e candidata a deputada estadual nas eleições realizadas no domingo, 7, fez um verdadeiro desabafo.
 
Iniciou seu pronunciamento agradecendo os 8 mil votos que recebeu no Estado, sendo que destes, aproximadamente, 6.700 foram obtidos em Guaxupé. Ela lamentou o indeferimento do registro de sua candidatura às vésperas do pleito pela Justiça Eleitoral. No entendimento dela, a Justiça Eleitoral, supostamente, teria se valido de uma “falha banal”, qual seja na cópia de sua cédula de identidade. Salma discorda dos procedimentos adotados pelo TRE, Tribunal Regional Eleitoral, que não mais adota o sistema de notificação e ou intimação através de documentos físicos entregues por oficiais de justiça e, sim, através de movimentação eletrônica na internet.
 
Dra. Salma falou de sua campanha política e que os votos recebidos foi uma manifestação de gratidão dos eleitores, dos pacientes e de seus familiares que ela tem atendido ao longo dos anos na condição de médica, principalmente da rede pública.
 
Disse que exerce a medicina com profissionalismo, que o bom atendimento ao público é obrigação do profissional de saúde e que ela não vê nenhum mérito nisto, que apenas cumpre o juramento que prestou quando recebeu o diploma; que ela coordenou sozinha a sua campanha, apesar de ter proporcionado trabalho para 100 pessoas no período eleitoral.
 
Dra. Salma informou que se sentia grata pelos votos recebidos porém se sentia triste por Guaxupé não ter elegido um deputado estadual; que os colegas de bancada dizem que está tudo bem na saúde em Guaxupé e que isto não é verdade, que nos postos de saúde da rede municipal falta muita coisa, falta desde um simples exame de hemograma até procedimentos mais complexos como cirurgias.
 
A vereadora falou a respeito das condições da Santa Casa local; que o hospital precisa ampliar o atendimento para atender a demanda, da necessidade da implantação de uma unidade de tratamento intensivo para atendimento de recém-nascidos, da aquisição de equipamentos modernos, além de outros aparelhos e instrumentos médicos para um atendimento de melhor qualidade e que o hospital não dispõe de recursos financeiros para tal, porém se a cidade realmente tivesse um deputado comprometido com a população guaxupeana a Santa Casa poderia ser modernizada e ampliada. Ressaltou que ela, caso tivesse sido eleita, iria lutar por estas conquistas.
 
Insistiu que Guaxupé precisa ter um deputado estadual, lamentou que os vereadores, além de outras forças políticas, terem apoiado um sem número de candidatos a deputado estadual sem nenhum comprometimento com a cidade, que muitos deles destinam “migalhas” para o município e que muito pouco contribuem para o progresso e desenvolvimento da cidade.
 
De forma categórica informou que os políticos locais não visam o interesse do povo e, sim, os seus próprios interesses.
 
Finalmente mencionou que espera que o recurso impetrado por ela junto à Justiça Eleitoral seja acatado, para que os votos que ela recebeu sejam contabilizados como válidos. (WF)  

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados