Guaxupé, quarta-feira, 19 de junho de 2019
Você está em: Notícias / Agropecuária / Cooxupé apresenta balanço 2018 com distribuição de R$ 50 milhões aos cooperados
segunda-feira, 1 de abril de 2019

Cooxupé apresenta balanço 2018 com distribuição de R$ 50 milhões aos cooperados

Montante, que é resultado das sobras com base nos resultados, é 70% superior ao de 2017; Cooperativa também anuncia nova diretoria
Carlos Augusto Rodrigues de Melo, presidente eleito, e  Sr. Carlos Paulino (ex-presidente)
Carlos Augusto Rodrigues de Melo, presidente eleito, e Sr. Carlos Paulino (ex-presidente)
A Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé – Cooxupé distribuirá R$ 50.048.032 aos seus cooperados. O valor exclusivo aos associados vem das sobras da cooperativa, com base nos resultados de 2018. Deste montante, R$ 29.987.180 serão distribuídos em espécie aos produtores e R$ 20.060.853 destinados à conta capital, o que representa um tipo de poupança administrada pela Cooxupé. As distribuições de 2018 são 70% maiores em relação às de 2017, quando o valor distribuído aos associados totalizou R$ 29,5 milhões.

Com faturamento de R$ 3,793 bilhões, as sobras somaram no total R$ 143.926.486, valor 42% maior ante 2017 (R$ 101 milhões). Além dos R$ 50.048.033 distribuídos aos cooperados, o restante do valor foi destinado para as disposições estatutárias da cooperativa.

No ano passado, a Cooxupé recebeu 6,45 milhões de sacas e embarcou 5,23 milhões – entre as quais 3,92 mi foram para as exportações diretas para 51 países e 1,02 milhão para o mercado interno. Já a SMC Specialty Coffees, empresa controlada pela Cooxupé com atuação no nicho de cafés especiais, exportou 87.866 sacas, crescimento de 35% comparado a 2017. "As exportações diretas só não foram maiores por conta da greve dos caminhoneiros ocorrida em maio, no entanto o resultado ainda ficou dentro do espetado pela cooperativa. O recebimento, por sua vez, bateu recorde", afirma o presidente Carlos Paulino.

Já na parte da indústria, a torrefação da Cooxupé registrou produção mensal de 1.250.000 quilos, possibilitando o processamento de 282.846 sacas de café.

A Cooxupé mantém mais de 14.500 cooperados, com produção de café arábica nas regiões do Sul de Minas Gerais, Cerrado Mineiro e Média Mogiana do Estado de São Paulo. Em 2018, a produção dos cooperados na área de ação da cooperativa foi de 8.4 milhões de sacas.

Carlos Paulino destaca a maior participação do cooperado para as conquistas obtidas no Balanço 2018. "No início do ano passado, pensamos que seria um período difícil por vários motivos, no entanto, a expressiva participação do cooperado e a confiança dele na Cooxupé nos permitiram alcançar nossos objetivos, superando as dificuldades previstas", destaca o presidente.

Cooxupé apresenta nova diretoria

Ainda na sexta-feira, dia 29 de março, a Cooxupé também elegeu os novos membros para a diretoria dos próximos quatro anos. A presidência passa a ser assumida por Carlos Augusto Rodrigues de Melo, que atuou como vice na gestão anterior, e a vice-presidência por Osvaldo Bachião Filho. Carlos Alberto Paulino da Costa, que presidiu a cooperativa por quatro mandatos consecutivos, passa a ser membro do Conselho de Administração da Cooxupé, que também foi renovado junto com o Conselho Fiscal, durante a AGO.

Carlos Augusto Rodrigues de Melo e Osvaldo Bachião Filho afirmam que os desafios da nova gestão é dar continuidade ao trabalho que já vem sendo realizado e que consolidou a Cooxupé como uma cooperativa de credibilidade junto ao mercado brasileiro e internacional. "Seguiremos com a nossa gestão estratégica e planejada para manter a nossa solidez no mercado e para gerar crescimento e novas oportunidades aos nossos cooperados", afirmam.

Nascido em 1952, Carlos Augusto Rodrigues de Melo é da cidade de Cabo Verde (Sul de MG) e é cooperado da Cooxupé desde setembro de 1977. Sua atuação na cooperativa começou como membro do Conselho Fiscal em 1983, passando também pelo Administrativo e Consultivo até 2002. De 2003 até 2018, integrou a diretoria executiva junto com Carlos Paulino no cargo de vice-presidente.

Osvaldo Bachião Filho nasceu em 1975 e é cooperado desde 1994. De Nova Resende (Sul de MG), se tornou membro do Conselho de Administração da Cooxupé em março de 1999. Assumiu o cargo de diretor-administrativo da SMC Specialty Coffees (empresa da cooperativa focada em cafés especiais) em junho de 2016.

Carlos Alberto Paulino da Costa, então presidente, nasceu em 1939 e passou a ser cooperado da Cooxupé em 1970. Em 1974, integrou o Conselho Fiscal da cooperativa, passando também pelo Conselho de Administração entre 1987 e 1990. Foi vice-presidente na gestão de 1991 até 1999, assumindo a presidência da Cooxupé no ano de 2003, cargo liderado até o final do mandato de 2018. "Concluo esta etapa com a cooperativa muito feliz com os resultados que construímos ao longo de todos esses anos, compartilhando toda esta nossa trajetória com nossos cooperados e colaboradores, fundamentais para o sucesso da Cooxupé", destaca Paulino.

Confira a Galeria de Fotos

Carlos Augusto Rodrigues de Melo, presidente eleito, e  Sr. Carlos Paulino (ex-presidente) Carlos Augusto com o atual vice-presidente Osvaldo Bachião Filho.

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados