Guaxupé, domingo, 19 de novembro de 2017
Você está em: Acontece / Telinha Mágica / AS MAIS ANIMADAS NA COLETIVA DE IMPRENSA DE ‘I LOVE PARAISÓPOLIS’, TATÁ WERNECK E BRUNA MARQUEZINE MOSTRAM SINTONIA TOTAL
terça-feira, 28 de abril de 2015

AS MAIS ANIMADAS NA COLETIVA DE IMPRENSA DE ‘I LOVE PARAISÓPOLIS’, TATÁ WERNECK E BRUNA MARQUEZINE MOSTRAM SINTONIA TOTAL

Alexandre Borges
Alexandre Borges
A imprensa já pôde ver um pouco das aventuras de Mari (Bruna Marquezine) e Danda (Tatá Werneck), as protagonistas da próxima novela das sete ‘I Love Paraisópolis’. A dupla, que promete divertir e também emocionar os telespectadores da trama, são “amigas-irmãs” e lutam por seus sonhos, mas se envolvem em diversas enrascadas. A equipe da novela passou onze dias gravando nos EUA e enfrentou o frio do inverno americano. “Meu papel é tudo de bom! A Mari é muito forte e determinada. Ela trabalha desde cedo e quer dar um futuro melhor para sua família. E conta sempre com a Danda ao seu lado. Elas passam por poucas e boas em Nova York, e por mais dificuldades que elas tenham, estão sempre unidas”, contou Bruna Marquezine, que aprendeu a lutar Krav Magá para compor a personagem.  “Minha personagem é expert na luta, que consiste na defesa contra armas, bastões, facas, agarramentos e golpeamentos. É dureza a intensa rotina de treinos necessária para convencer. Acho que vocês vão curtir”, aposta a gata.

Tatá falou que o frio foi um grande desafio: “Gravar em Nova York foi sinistro! Estávamos eu e a Bruna fazendo uma cena que era meio engraçada e eu só pensava “Senhor! Perdi um dedo”, porque era muito frio (risos). Mas ficou lindo! Foi uma experiência incrível!”, disse a comediante, que aproveitou a coletiva para  mostrar que também manda bem ao tocar o piano do cenário da trama. “Tenho tido umas aulinhas de piano, mas meu forte é a bateria. Pena não ter uma aqui, mas também seria difícil fazer a coletiva, né não?!”, brincou Tatá, que preferiu não comentar o namoro com o ator   Renato Góes. “ Gente, minha agenda está tão corrida por causa das gravações e outros compromissos que não tenho tempo de ficar falando sobre meu coração...Mas ele está feliz, já que não estou mais solteira”, disse a hilária atriz.

Vamos a trama... Se você não conhece a comunidade de Paraisópolis, em São Paulo, ‘I Love Paraisópolis’, chega dia 11 de maio para mostrar esse lugar que é um grande polo cultural, berço de artistas, bailarinos, músicos e tem muitas histórias para contar. Para apresentar essa comédia romântica, elenco, autores e diretores da novela se reuniram em um estúdio do Projac, no Rio de Janeiro, para mostrar o projeto à imprensa. Juntos, celebraram ao ver o clipe com as primeiras imagens do folhetim, que destaca uma das maiores comunidades paulistanas, sua cultura e a mistura que faz com o nobre bairro vizinho, o Morumbi.

Após a exibição do clipe da novela, o diretor de núcleo e geral, Wolf Maya, agradeceu a toda sua equipe de direção, produção e elenco, e falou sobre a proposta da novela. “Vamos contar uma história linda! Cheia de esperança desses jovens e tornar isso romântico, divertido e viável. Todos são densos e cheios de pensamentos definidos”, definiu o diretor. Logo em seguida, Wolf passou a palavra aos autores, Alcides Nogueira e Mário Teixeira. “Paraisópolis tem brilho próprio. A ideia é mostrar que esses dois lugares tão diferentes, como a comunidade e o Morumbi, interagem de forma fluida, quebrando as barreiras entre as classes”, disse Alcides. “Conseguimos, com muita felicidade, escrever mais sobre as semelhanças entre esses dois mundos. As diferenças existem, naturalmente, mas a convivência entre eles se tornou real”, completou Mário.
 
4 perguntas para o diretor Wolf Maya - O que podemos esperar de `I Love Paraisópolis?

Contamos a história dessa comunidade muito miscigenada, em que a maior parte dos moradores vem do nordeste e se misturam com paulistas e pessoas de diversas outras regiões. Paraisópolis tem todas as características brasileiras, significa nosso grande Brasil e por isso dá o tom especial da novela. Nossa trama começa com duas meninas de vinte e poucos anos que sonham em mudar de vida e buscar novas experiências.

- De onde surgiu a ideia de trazer Paraisópolis para uma novela?

Quando Alcides e Mario me apresentaram a proposta da novela, eu me apaixonei. Adoro trabalhar com eles e a ideia de retratar essa mistura de Paraisópolis e Morumbi era genial. Na época em que começamos o projeto, eu já vinha fazendo um estudo antropológico. Eu queria colocar o foco de formação de atores em outro circuito, com outra estética, já que trabalhamos retratando os seres humanos e precisamos dessa pluralidade. A partir disso, frequentei comunidades, conheci algumas associações de moradores e me encantei por Paraisópolis. As pessoas vão conhecer esse lugar e com certeza a novela será um orgulho pra o morador de comunidade e um aprendizado para integrar o Brasil.

- `I Love Paraisópolis` traz elementos contemporâneos para a comédia?

Na novela temos vários fatores que estão próximos da realidade. Existe um laço muito forte de amizade entre os moradores da comunidade, a origem emocional é mais íntima e tem um grande senso de solidariedade. Mostramos isso através da relação entre Mari e Danda, o amor de Eva pela mãe de Mari, que foi sua melhor amiga e morreu no parto, e em muitos outros personagens. Estamos nos inspirando em diversas comunidades, trazendo os elementos culturais de cada uma, como as escolas de ballet, o Krav-Magá que a Mari treina... É uma novela pop, que retrata um olhar e um comportamento popular e contemporâneo.

- Como foi o processo da escolha do elenco?

- Todos batalhamos muito para conseguirmos um belo resultado. Foi colar uma pedrinha de cada vez e, quando vimos, tínhamos esse elenco maravilhoso. Para nós, Danda, Mari e Soraya seriam desde o início Tatá Werneck, Bruna Marquezine, e Leticia Spiller. Se a Leticia não fizesse a Soraya, não seria a mesma coisa. Fomos montando o personagem e a beleza da Leticia e a inteligência cênica dela foram essenciais. A dupla Bruna e Tatá estava muito presente na nossa cabeça. Para fazer a Izabelita, precisávamos de uma atriz que passasse delicadeza e leveza sem perder a credibilidade. A Nicette Bruno sempre foi nosso sonho e ficamos muito felizes dela aceitar interpretar a personagem. Na leitura ela já estava incrível e desenvolveu uma relação de ternura com o Mauricio Destri, que interpretará o seu neto, incrível!
 
Perfil dos personagens

Mari (Bruna Marquezine) – Marizete é uma moça determinada e cheia de princípios. Foi criada na comunidade de Paraisópolis.
Danda (Tatá Werneck) – Pandora, apelidada de Danda, é a filha de Eva (Soraya Ravenle) e Jurandir (Alexandre Borges). É determinada, possui muito bom humor e tenta ser otimista na hora de encarar os problemas.

Eva (Soraya Ravenle) – É mãe de Danda (Tatá Werneck) e também criou Mari (Bruna Marquezine), filha de sua falecida melhor amiga. Com o emprego de costureira educou as meninas e luta com todas as forças para defendê-las das injustiças da vida.
Jurandir (Alexandre Borges) – É o ex-marido de Eva (Soraya Ravenle) e pai de Danda (Tatá Werneck). “Juju”, como é chamado, é o típico malandro, cheio de lábia que não quer saber de trabalho.

Benjamin (Maurício Destri) – É o filho mais velho de Soraya (Leticia Spiller), com quem nunca teve uma boa relação.
Soraya (Letícia Spiller) – É uma mulher vaidosa, poderosa e maquiavélica, que faz de tudo para conseguir o que quer. Viúva, casa-se com Gabo (Henri Castelli), irmão de seu falecido marido.

Gabo (Henri Castelli) – É um homem muito charmoso, com caráter nebuloso, sem escrúpulos e cheio de ambição.

Margot (Maria Casadevall) – Arquiteta, é namorada e sócia de Benjamin (Maurício Destri). É uma mulher inteligente e sofisticada.
Grego (Caio Castro) – É morador de Paraisópolis e chefe da comunidade, onde tem poucos afetos. É o típico cara durão, mas solitário.

Tomás (Dalton Vigh) – É casado com Clarice, com quem tem dois filhos: Joaquim (Gustavo Piaskoski) e Bruna (Giullia Buscacio). Médico respeitado, nasceu e cresceu em Paraisópolis.

Clarice (Ângela Vieira) – Mulher de Tomás (Dalton Vigh) e mãe de Joaquim (Gustavo Piaskoski) e Bruna (Giullia Buscacio).
Izabelita (Nicette Bruno) – É a mãe viúva de Soraya (Leticia Spiller) e avó de Benjamin (Maurício Destri), Lourenço (Gregoire Blanzat) e Pedroca (Raffael Pietro). 

Armandinho Prado (Eduardo Dusek) – É um homem vaidoso, culto e inteligente, apegado às aparências.

Isolda (Françoise Forton) – É uma bonita professora de balé. Delicada, mas durona, não quer saber de namorar.

Paulucha (Fabiula Nascimento) – É a bondosa - mas durona - mãe de Máximo (Danilo Mesquita) e Natasha (Carolina Oliveira).

Cícero (Danton Mello) – É irmão de Rosicler (Paula Cohen), com quem mora. Trabalha como fiscal da Alfândega e é um funcionário metódico.  

Expedito (José Dumont) – É casado com Ramira (Tuna Dwek) e pai de Tadeu (Giovanni Gallo) e Claudete (Mariana Xavier).
Dália (Zezeh Barbosa) – É uma mulher moderna e honesta que luta contra injustiças. Dona da Dalíssima Modas, loja de roupas com bastante movimento.

Jávai (Babu Santana) – Morador do Jardim Colombo, onde é poderoso. Procura manter boas relações com Grego.

Participações especiais

Dom Pepino (Lima Duarte) – É um italiano mafioso. Por achar Danda (Tatá Werneck) parecida com sua neta, ajuda a garota em um momento difícil, mas pede alguns favores em troca. 
 
 

Confira a Galeria de Fotos

Alexandre Borges Bruna Marquezine Caio Castro Caroline Abras José Dumont Henri Castelli Letícia Spiler Maria Casadevall Maurício Destri Tatá Werneck Wolf Maia

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados