Guaxupé, segunda-feira, 19 de novembro de 2018
Você está em: Acontece / Televisão / “A Força do Querer” promete!
sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

“A Força do Querer” promete!

Glória Perez vai abalar o horário nobre a partir de abril, quando entra no ar a sua nova novela, na tela da Globo
No Rio de Janeiro, Zeca conhece Jeiza (Paolla Oliveira), uma mulher diferente de todas as pessoas que ele já conheceu. Jeiza é policial, trabalha no Batalhão de Ações com Cães e sonha em se tornar lutadora de MMA / Mauricio Fidalgo
No Rio de Janeiro, Zeca conhece Jeiza (Paolla Oliveira), uma mulher diferente de todas as pessoas que ele já conheceu. Jeiza é policial, trabalha no Batalhão de Ações com Cães e sonha em se tornar lutadora de MMA / Mauricio Fidalgo
“A Lei do Amor” começa a caminhar para seus momentos finais e a Globo escalou a talentosa e veterana Glória Peres para escrever a novela que substituirá a trama de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari. Batizado de “A Força do Querer”, o folhetim terá direção artística de Rogério Gomes e as gravações já estão em ritmo acelerado.
 
Mais uma vez, como é comum a todos os seus trabalhos, a autora vai falar de diversidade, de tolerância, das dificuldades de compreender e aceitar o que é diferente de nós. E do embate entre o querer (vontade) e os limites éticos e morais que permeiam nossas escolhas.
Caio (Rodrigo Lombardi), advogado de formação, largou a possibilidade de administrar uma das maiores empresas do Brasil, a Garcia, quando Bibi (Juliana Paes) terminou o relacionamento com ele. Sem olhar para trás, trocou o Rio de Janeiro para ir se aventurar nos Estados Unidos. Passados quase 15 anos, Caio entende que esse é o momento de voltar ao Brasil e encarar o que deixou para trás. Um homem movido por ideais éticos, que, ao conseguir crescer e ter sucesso em um alto cargo ligado à Justiça vive um grande conflito íntimo ao ver sua vida cruzar novamente com a de Bibi, que terá, então, enveredado pela vida do crime.
 
Bibi não conseguiu terminar a faculdade de Direito, onde conheceu Caio, mas tem certeza de que fez a escolha certa ao abandonar este homem, que dividiu seu amor por ela com o amor pela profissão. Ela conhece e casa-se com Rubinho (Emílio Dantas). Em um certo momento, o casal passa por uma grande dificuldade financeira, mas ela acredita que, se continuarem juntos, tudo vai dar certo. Custe o que custar. E manter acesa essa chama, pode custar muito a Bibi. Rubinho quer esse amor, mas também quer dinheiro e poder.

Agora quem vai administrar a Garcia é Ruy (Fiuk), filho de Eugenio (Dan Stulbach), um dos donos do negócio. O jovem da alta sociedade carioca parece ter a vida organizada: além da posição profissional, está noivo de Cibele (Bruna Linzmeyer), mas fica encantado por Ritinha (Isis Valverde). Ruy quer essa mulher. Mas não quer abrir mão do noivado e de seu futuro por ela. Ritinha mora no interior do Pará e adora a atenção de Ruy. Flertar com o carioca a faz se sentir desejada. Apesar de ser noiva de Zeca (Marco Pigossi), um rapaz conhecido por sua boa índole e perdidamente apaixonado por ela, nada a impede de jogar com Ruy. Ritinha gosta de seduzir, conquistar, e isso é instintivo nela. Quer a liberdade de seguir seus impulsos.
No Rio de Janeiro, Zeca conhece Jeiza (Paolla Oliveira), uma mulher diferente de todas as pessoas que ele já conheceu. Jeiza é policial, trabalha no Batalhão de Ações com Cães e sonha em se tornar lutadora de MMA. Ao ver o sofrimento de Zeca, se aproxima dele e tenta ajudá-lo a esquecer Ritinha.
 
Enquanto Ruy se prepara para assumir a Garcia, Eugênio, pai do jovem, quer sair do posto de chefia e seguir a tão sonhada carreira de advogado. Joyce (Maria Fernanda Cândido), esposa de Eugênio, é uma mulher que cultua tudo o que diz respeito à beleza e ao feminino. Criou a filha Ivana (Carol Duarte) para vê-la como uma extensão de si própria. Vive seus maiores conflitos e dificuldades quando a menina se revela trans homem. Ivana (Carol Duarte) quer resgatar sua identidade, é um homem que nasceu num corpo de mulher. A relação de Eugênio e Joyce se desestabiliza com a chegada de Irene (Débora Falabella).

Quem divide o comando da Garcia com Eugênio é o irmão Eurico (Humberto Martins), um homem que se atormenta, se sente inseguro com a fluidez do mundo de hoje. Eurico quer o controle sobre tudo e sobre todos. Já sua esposa, Silvana (Lilia Cabral), é o oposto. Viciada em adrenalina, quer a emoção dos riscos, e mergulha de cabeça na dependência do jogo. Já Nonato (Silvero Pereira) aceita trabalhar para o intolerante Eurico para se manter. É um rapaz pobre, que vem do interior para tentar a vida artística no Rio de Janeiro. Quer montar seu espetáculo e mostrar seu talento. Eurico se aproxima do funcionário sem nem desconfiar da vida dupla de seu protegido.

As histórias desses personagens se cruzam quando a saga de cada um os leva ao limite e os faz ultrapassar horizontes, desafiar as próprias barreiras e vencer conflitos internos. A força do querer de um afeta a força do querer do outro, e pode determinar os rumos inesperados desta história. 

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados