Guaxupé, sábado, 23 de junho de 2018
Você está em: Acontece / Televisão / A trama de “Força de Um Desejo” se passava no Século XIX
sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

A trama de “Força de Um Desejo” se passava no Século XIX

Novela de época sempre agrada ao público e com “Força de Um Desejo” não foi diferente, prova disso é que a trama foi reprisada nas tardes da Globo
Malu Mader foi a protagonista da trama e deu vida a Ester, uma famosa dona de bordel / Arquivo GB Imagem
Malu Mader foi a protagonista da trama e deu vida a Ester, uma famosa dona de bordel / Arquivo GB Imagem
Escrita por Gilberto Braga e Alcides Nogueira, a trama de “Força de Um Desejo” tinha como pano de fundo alguns fatos marcantes da história do Brasil, tais como a  Guerra do Paraguai e o movimento abolicionista, e analisava o amor entre duas pessoas de origens e histórias de vida diferentes. No elenco, a novela trazia nomes como Malu Mader, Fábio Assunção, Selton Mello, Paulo Betti, Reginaldo Faria e Sônia Braga, em participação especial depois de 19 anos afastada da teledramaturgia. A trama de época foi originalmente exibida no horário das 18 horas e estreou em maio de 1999 e foi ao ar até janeiro de 2000, totalizando 226 capítulos. A novela foi repisada no “Vale a Pena Ver de Novo” entre 26 de setembro de 2005 e 10 de fevereiro de 2006, compactada em 100 capítulos. A reprise foi a primeira novela da Globo a usar o recurso closed caption (processo que permite aos deficientes auditivos acompanhar os programas transmitidos).

Ambientada na segunda metade do Século XIX, “Força de Um Desejo” era centrada em Ester (Malu Mader), dona do mais famoso bordel da corte do Rio de Janeiro. Inácio (Fábio Assunção) era um dos herdeiros das terras do Barão Henrique Sobral (Reginaldo Faria), um poderoso fazendeiro da fictícia Villa de Sant’Anna. Em meio a alterações no panorama político e econômico – declínio dos senhores de engenho e ascensão dos cafeicultores, início do movimento abolicionista e surgimento de uma burguesia rica – Ester e Inácio viveram um romance conturbado. Um desencontro entre os dois acabou levando Ester a casar-se com Sobral, sem saber que se tratava do pai de seu grande amor.

Para a construção da trama, a emissora criou a cidade cenográfica de Villa de Sant’Anna, a partir de detalhes arquitetônicos encontrados nas cidades históricas de Minas Gerais, como Ouro Preto e Tiradentes. O trabalho de pesquisa de época foi organizado pela consultora Clarisse Fukelman. Além de suporte bibliográfico – fornecido aos responsáveis por figurino, caracterização, cenografia e arte -,  o elenco participou ainda de um workshop de duas semanas sobre o Império, o cotidiano nas fazendas e senzalas, romantismo e mitologia, para melhor construir os personagens.

Também estavam no elenco: Cláudia Abreu, Selton Mello, Marcelo Serrado, Lavínia Vlasak, José de Abreu, Giovanna Antonelli, entre muitos outros. 

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados