Guaxupé, terça-feira, 11 de dezembro de 2018
Você está em: Acontece / Televisão / APÓS EMENDAR PAPÉIS DE DESTAQUE, CÁSSIO GABUS MENDES TIRA MERECIDAS FÉRIAS. “BABILÔNIA FOI UM TRABALHO MARAVILHOSO”
sábado, 12 de setembro de 2015

APÓS EMENDAR PAPÉIS DE DESTAQUE, CÁSSIO GABUS MENDES TIRA MERECIDAS FÉRIAS. “BABILÔNIA FOI UM TRABALHO MARAVILHOSO”

                                                                                                                                             Amanda Boretti/ EP News

Ele esteve disposto! Mas, após emendar três novelas, ‘Lado a lado, ‘Além do Horizonte’ e ‘Babilônia’, Cássio  Gabus Mendes , 54 anos, completados no último 29 de agosto, vai finalmente  tirar umas merecidas férias. Um dos atores mais requisitados da atualidade, com 60 trabalhos na TV,  entre novelas, minisséries e seriados, o paulistano bom de papo confessa que é meio descansado na hora de se organizar para viajar. “ Fazer trabalhos seguidos, para mim, é uma coisa bem natural. Gosto muito de fazer o que faço, então é um prazer. Mas agora que Babilônia chegou ao fim, e já deixa saudades, diga-se de passagem, chegou a hora de relaxar um pouco. O malvado senador Bonifácio, de Lado a lado e o líder misterioso Jorge, de Além do horizonte foram papéis de destaque, assim como o  Evandro...Então requer muito do ator. Vai ser bom dar uma pausa, respirar.

Estive envolvido com Babilônia desde o ano passado. Foi incrível. Um trabalho maravilhoso. A repercussão nas ruas foi muito legal.  A primeira coisa que fiz ao final do último capítulo foi tomar um vinho. Depois, foi programar uma viagem, que farei já já.

Sou preguiçoso para organizar viagens; adoro quando faço, mas demoro para fazer. Agora já está tudo providenciado. Ninguém me segura! ”, diverte-se o ator, que desconversou sobre o destino das férias. “ Só sei que estou precisando! E será para descansar bastante”.

Na pele do empreiteiro Evandro, em Babilônia, Cássio conta que ficou muito feliz pela chance de repetir a dobradinha com Gloria Pires em uma trama de Gilberto Braga, assim como no sucesso Vale tudo, trama de 1988, em que interpretou Afonso Roitman, marido de Maria de Fátima (Gloria). “ A Gloria é um espetáculo de se trabalhar. Temos uma parceria longa e ótima. Temos uma amizade linda. Adoro o seu bom-humor, entre outras coisas. O bordão que ela criou na novela ‘Não estou disposta!’ foi genial”, elogia. “A coincidência dos casais que fizemos em Vale Tudo e em Babilônia é muito interessante. 26 anos depois nos vimos novamente como um casal problema...(risos) Em Vale Tudo a flagrei na cama com outro, já em babilônia ela me traiu com meio elenco...(risos) Passamos a novela toda aos trancos e barrancos, sempre com cenas intensas, tudo repleto de interesses e trapaças. Foram embates memoráveis. Me sinto um cara de sorte por ter tido mais uma chance de atuar com ela.Também trabalhamos na novela Desejos de Mulher, em 2002”, lembra.

Foi em Vale tudo que o ator conheceu a mulher, Lídia Brondi, que há décadas atua como psicóloga. “Mas começamos a namorar um tempinho depois. Sempre fui fã dela, viramos amigos e depois nos apaixonamos”, diz Cássio, que não tem a fórmula para  o sucesso de um relacionamento que já dura 25 anos. “Sempre tem aquela pergunta... Qual o segredo de vocês?

Eu adoro estar casado com ela. Uso muito minha intuição no amor. Tem funcionado bem assim. Temos muita admiração um pelo outro, somos cúmplices e felizes. Não tem receita”, avisa o ator, que não chegou a ter filhos, mas considera a enteada, Isadora, fruto da relação da ex-atriz com o diretor Ricardo Waddington, como tal. “ Somos uma família. Não rolou de termos nossos próprios filhos, mas temos a Isadora”, orgulha-se o filho do autor Cassiano Gabus Mendes, morto em 1993, e da atriz de rádionovelas Helena Sanches, sobrinho de Luís Gustavo e irmão de Tato Gabus Mendes, que estreou na telinha 1982, em Elas por Elas. “Desde molequinho ficava nas coxias, via o tio Luís Gustavo, os amigos do meu pai atuando, e já adorava. Ser de uma família do meio artístico é muito bom. Ser ator foi uma vocação natural. Na escola, fui um péssimo aluno, mas na arte me encontrei”.

Tranquilo e caseiro, morando em São Paulo, Cássio é adepto de alguns hobbies. “ Ler e assistir aos filmes da minha coleção de DVDs são algumas das minhas manias. Também sou são-paulino fanático, vou ao estádio sempre que dá. Amo futebol. Gosto também de uma pelada para me exercitar. Sou preguiçoso para malhar, mas pra bater uma bola é comigo mesmo...(risos) Com a idade a gente tem que se cuidar. É uma questão de saúde, muito mais do que estética, já que não sou tão vaidoso. Gosto de estar legal, apenas. Faço esteira regularmente e também musculação para manter a forma”, conta o moreno, que adora levar uma vida simples. “A simplicidade é um prazer. Tão bom ir ao cinema, ao teatro, jantarzinho fora, tudo bem relax. Faço tudo de forma bem simples, astral. Também gosto de me encontrar com minha turma do charuto. Fumei cigarros por uns 20 anos e parei há uns 19. Mas curto esse ritual do charuto”, diz o ator, avesso à tecnologia. “Não tenho Twitter nem Facebook, não curto nada disso. Só uso e-mail, que já está de bom tamanho”, garante.
 
 

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados