Guaxupé, sexta-feira, 15 de dezembro de 2017
Você está em: Acontece / Estética / A guerra continua!
sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

A guerra continua!

Apesar dos avanços na cosmética, a celulite ainda é uma das maiores preocupações quando o assunto é estética
É verdade que a cosmética evoluiu bastante, mas a celulite continua apavorando as mulheres. Existe uma verdadeira guerra em andamento contra a retenção de líquidos e a má circulação. Ninguém quer as famigeradas “cascas de laranja” nas coxas e nos quadris.

Assim, as academias e clínicas de estética estão cheias de mulheres que querem se livrar e também prevenir a celulite.
E onde estão os homens?  Os sortudos não sofrem com isso porque não passam pela “dança dos hormônios” que mensalmente bombardeia as mulheres. O metabolismo deles é outro.

Não é segredo que a celulite pode ser prevenida, cortando da dieta as comidas e bebidas industrializadas, as frituras, os doces e praticando atividade física.

Na área da estética existe uma infinidade de produtos que prometem melhorar o aspecto da pele com celulite, mas a drenagem linfática continua sendo um dos métodos mais eficazes, aliados a outros procedimentos e cosméticos específicos.

A drenagem linfática estimula o organismo a eliminar as toxinas através do sistema linfático. Para entender um pouquinho, o sistema linfático é formado por pequenos canais pelos quais transita a linfa, uma substância importante em nosso organismo responsável pela limpeza das células. Assim, quando é ativado, todas as substâncias tóxicas vão para a corrente sanguínea e são eliminadas através da urina. O resultado é que diminui os inchaços, estimula a desintoxicação, oxigena os tecidos e, ainda, promove o relaxamento muscular.

É bom lembrar que a drenagem linfática deve ser feitas por pessoas especializadas que tenham sido preparadas profissionalmente, geralmente este tipo de tratamento é oferecido em clínicas de estética. O tratamento deve ser feito com movimentos leves e precisos, deslizando sobre o trajeto dos vasos linfáticos.

Para resultados mais eficazes, é interessante aliar a drenagem linfática a outros procedimentos. Um deles é a corrente russa, também chamada de estimulação russa, que através de um aparelho de eletroterapia ativa o tônus muscular, potencializa os efeitos da drenagem linfática e combate a flacidez.

O aparelho é composto por vários eletrodos que são colocados sobre a pele e em pontos específicos, como no ventre, região dos glúteos, coxas e parte interna das coxas e em outras regiões a serem tratadas. Tais eletrodos são ligados ao aparelho que manda o estímulo aos músculos através de corrente elétrica. Os estímulos promovem a contração involuntária dos músculos.
A vantagem deste tipo de tratamento é que não é invasivo e é indolor. Especialistas neste assunto explicam que dez minutos da aplicação desta técnica sobre o abdômen equivale a 400 abdominais praticados de forma correta. Músculos tonificados resultam em pele mais firme e menos celulite.

Geralmente não existem restrições para se aplicar a drenagem linfática e a corrente russa, mas pessoas que tem tumores nos gânglios, câncer, trombose, insuficiência renal, processos inflamatórios ou marca passo devem ter cuidado com este procedimento. As mulheres grávidas devem conversar com seus médicos sobre o assunto. 

Para resultados mais satisfatórios, recomenda-se uma sequência de dez sessões, feitas três vezes por semana.
A drenagem linfática não eliminará totalmente a celulite e flacidez, mas promove melhora acentuada no aspecto da pele. E proporciona enorme bem-estar.

De novo, lembrando, cuidado com a picaretagem de plantão também neste segmento. Procure clínicas estéticas devidamente registradas e com profissionais no assunto. 

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados