Guaxupé, segunda-feira, 11 de dezembro de 2017
Você está em: Acontece / Dicas da Meíta / DICAS DA MEÍTA
sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

DICAS DA MEÍTA

Continuando as dicas sobre as festas de final de ano, hoje vou falar sobre como ser um(a) anfitrião(ã) nota 10. 

Receber em casa requer alguns cuidados. Comece uma faxina geral já! Deixar para a última hora é o caos! Cortinas limpas, sofás escovados, adornos brilhando e “bora” pensar na festança!!!

Faça a lista de convidados.  Ela vai determinar o restante da organização. Os convites já podem ser feitos. Numa reunião de amigos vale falar pessoalmente, por telefone ou criar um grupo no Whatsapp. Facilita muito a comunicação! 

Ao receber em casa, é preciso estar atento (a) para oferecer uma reunião agradável e hospitaleira aos seus convidados. Crie um ambiente que demonstre o cuidado e o carinho para que a data se torne inesquecível.  Em relação à decoração do ambiente, os enfeites de Natal certamente já tematizam a casa do anfitrião, porém, colocar em casa algumas flores frescas, demonstrarão aos convidados o cuidado e satisfação do anfitrião em recebê-los. O anfitrião poderá disponibilizar descansos de copo sobre aparadores e móveis da casa, que os protegem de possíveis manchas e ainda decoram.

Os banheiros devem estar com toalhas limpas e novas e abastecidos de papéis, podendo estar singelamente floridos e perfumados. Um kit – banheiro também cai muito bem, contendo itens de “primeiros socorros” para imprevistos que sempre podem acontecer: alguns remedinhos, absorvente, lencinhos umedecidos, agulha e linha, entre outros!!! E é sempre bom ficar de olho no banheiro! Ele é o primeiro a estar bagunçado durante a festa!

Hora de escolher o cardápio. Fingerfoods são mais práticos e não exigem tanto do anfitrião, que poderá participar mais da festa.

Os petiscos podem ser dispostos em uma mesa grande, para que as pessoas se sirvam sozinhas, evitando que alguém fique destinado a esta tarefa. Não se esqueça de uma sobremesa diet!Sempre tem alguém que não consome açúcar! Para quem optar por jantar, é essencial contratar um profissional para ajudar no serviço. Ou se dispor a ficar o tempo todo cuidando da festa...

As bebidas que serão servidas devem estar de acordo com o perfil do “público” reunido. O ideal é que haja dois ou três tipos de bebidas alcoólicas, além de água, refrigerantes convencionais e diet e pelo menos uma opção de suco. As bebidas deverão estar na temperatura ideal na hora de serem servidas. Taças e copos adequados valorizarão a recepção.

Calcule previamente a quantidade de bebida a servir. O indicado é 2,5 a 3 garrafas de cerveja por pessoa, se estiver no verão.

No caso de servir espumante ou vinho branco, uma garrafa geralmente serve duas a três pessoas. No caso do vinho tinto, o ideal é prever uma garrafa para cinco pessoas, pois a bebida é mais incorpada. Para o refrigerante e a água considere 1,5 a 2 garrafas (500 ml) de cada um por pessoa.

Boa música é garantia de que a sua festa será um sucesso! Lembre-se de que você tem convidados e não pode ter uma playlist que seja somente do seu agrado. Música muita alta (aquela que não permite ninguém conversar) não é adequada! Procura ajustar o volume ao ambiente!!!

Circule entre os convidados... Se perceber algum “excesso” que esteja lhe desagradando, não demonstre! Peça a outra pessoa que resolva a parada!!!

Se não for combinada a troca de presentes entre os convidados, não faça a sua no momento da festa. Ou antes ou depois! Se for presentear alguém que esteja entre os presentes, seja discreta ou faça isso em outro momento.

Hoje é muito comum o “rateio” dos custos. Para cuidar disso, escolha alguém do seu grupo que goste de fazê-lo. É uma parte chata e, às vezes, pode ser desgastante. Combine tudo com antecedência e clareza. Inclua TODOS os gastos para que não haja nenhuma dúvida... 

Boas festas!
 
Fonte: delas.ig.com.br / diariodaregiao.com.br 

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados