Guaxupé, domingo, 19 de novembro de 2017
Você está em: Acontece / Comportamento / Adquirir autorresponsabilidade pode trazer sucesso na vida
sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Adquirir autorresponsabilidade pode trazer sucesso na vida

Decisões corretas facilitam a conquista do objetivo, mesmo que seja algo de grande valor
(Alisson Santos / WA Comunicação)
(Alisson Santos / WA Comunicação)
“Você tem a vida que merece”. Ao ler essa afirmação, a sua reação deve ter sido de raiva, ódio, alegria, satisfação ou dor. Segundo o master coach e especialista em comunicação interna para empresas, Diego Pollo todos tem a vida que semeou.

A comunicação passou por diversas modificações e, atualmente, o modo digital é o mais acessado. No Brasil há cerca de 136,6 milhões de pessoas acima de 10 anos que possuem um aparelho celular (IBGE - 2015). A facilidade de navegar pela internet nunca foi tão grande.

Apesar de boa parte da população estar conectada a notícias sobre o mundo e informações relevantes sobre saúde, o número de pessoas acima do peso é alto, por exemplo. O Ministério da Saúde informa que 18,9% da população está no grupo de obesos e 53,8% fora dos padrões ideais estipulados pelo Índice de Massa Corporal (IMC).

Baseado em dados como esses, Diego Pollo acredita que a autorresponsabilidade ainda é um sentimento que as pessoas ignoram. “Talvez você esteja indignado (sobre cada um ter a vida que merece), mas saiba que compreender que você tem a vida e os resultados que merece pode transformar a sua existência e todas as decisões que irá tomar”, afirma.

Desta maneira, é necessário que você tenha consciência de que é um ser único no mundo, agente responsável pela vida que tem vivido. “Pense: sendo você o único autor dos seus próprios resultados, também é o ser capaz de mudá-los. É possível alterar a forma de vida que leva, sendo no trabalho, em casa ou nos momentos de lazer”, afirma Pollo.

Acontecimentos externos podem afetar situações corriqueiras e até mesmo transformá-las em problemas, mas se manter neles é uma escolha exclusivamente sua. “Já pensou em não ter que culpar mais a crise do país pelo seu fracasso profissional? Ou julgar a própria esposa ou marido pelos problemas conjugais? Para tornar isso realidade basta você mudar e tudo ao seu redor também”, ressalta.

Já não é mais novidade para ninguém que o Brasil passa por uma crise econômica e que muitas pessoas estão ficando sem emprego e empresas fechando. Possivelmente você esteja pensando que foi demitido para cortar gastos na empresa e que mesmo assim a responsabilidade sua.

Nesta situação, ser demitido não é reflexo do seu desempenho, mas as consequências dessa demissão são de sua responsabilidade. Você pode escolher ir para casa e chorar, se lamentar, reclamar e desistir. Porém, lembre-se da outra alternativa: encarar a situação com um aprendizado para ser melhor ainda no seu próximo emprego. O lado positivo tem várias alternativas, você também pode traçar um novo rumo profissional e seguir uma carreira de sucesso.

O escritor Paulo Vieira cita no livro “Autorresponsabilidade” seis regras para que alguém se torne autorresponsável e alcance o sucesso.

1 - Se é para criticar os outros, cale-se;

2 - Se é para reclamar, dê sugestão;

3 - Se é para buscar culpados, busque solução;

4 - Se é para se fazer de vítima, faça-se de vencedor;

5 - Se é para justificar seus erros, aprenda com eles;

6 - Se é para julgar as pessoas, julgue suas atitudes.

“Pessoas que criticam, reclamam, vivem buscando culpados, justificam seus erros sempre e julgam os outros, não são autorresponsáveis. Acredito que você tenha se encaixado em algum ou alguns desses comportamentos, não é mesmo? Reconhecer a prática desses atos é o primeiro passo para se tornar uma pessoa autorresponsável”, completa Diego.

Pollo sugere que para atingir seu objetivo, faça hoje uma autoavaliação. Busque quais atitudes você deve eliminar agora da sua vida. E você se considera uma pessoa ausente de autorresponsabilidade, se tornasse autorresponsável, como seria a sua vida.

Diego Pollo, é Master Coach pela Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico – FEBRACIS e também servidor público do Ministério Público Federal. Atuando como palestrante, ele tem levado pelo Brasil explicações de como a comunicação pode mudar a vida pessoal e profissional de alguém.

Comente, compartilhe!

© Copyright 2014 - Todos os direitos reservados